Subscribe Now

Trending News

6 qualidades profissionais que toda empresa procura
Graduação

6 qualidades profissionais que toda empresa procura

Com a competitividade crescente do mercado de trabalho, conseguir o cargo dos sonhos depende de questões muito mais profundas do que apenas ter um currículo invejável. Na verdade, com tanta gente boa atuando, as empresas estão buscando nos talentos diversas qualidades profissionais que deem ao candidato um verdadeiro diferencial.

Isso inclui não apenas habilidades técnicas, mas também um perfil capaz de se encaixar no perfil cultural da empresa. Ou seja, alguém com a capacidade de se adaptar às crenças, missão, valores e comportamentos que norteiam as ações daquela organização.

Para que você entenda melhor desse assunto, vamos falar sobre o que as grandes empresas estão buscando nos talentos e separamos seis qualidades profissionais desejadas. Boa leitura!

O que as grandes empresas procuram nos profissionais?

Ao analisar um candidato, os recrutadores procuram descobrir o que de melhor ele tem a oferecer para valer a pena ser contratado.

Como contratar um colaborador inadequado pode sair muito caro para a organização — que além de perder seu tempo realizando novos processos seletivos, certamente, gastará dinheiro com a demissão —, o recrutamento tem sido cada vez mais criterioso, a fim de observar os talentos nos mínimos detalhes.

Por isso, é ideal que você desenvolva seu conhecimento técnico e esteja sempre atualizado em relação às atuais demandas de sua área profissional, mas também desenvolva seu lado socioemocional. Em vista disso, podemos dizer que as empresas desejam ver nos candidatos os seguintes conjuntos de habilidades. Confira!

Habilidades sociais

Ao mesmo tempo em que estamos vendo um mercado cada vez mais pautado pela transformação digital, vivemos uma época em que as relações humanas são amplamente valorizadas. Até porque as empresas, de longe, já perceberam o quanto um bom clima organizacional, pautado por relacionamentos harmoniosos, favorece a produtividade.

Nesse sentido, as habilidades sociais correspondem às habilidades e atributos de relacionamento interpessoal necessários para que o colaborador consiga desenvolver bem suas funções, ao mesmo tempo em que seu comportamento induz à positividade no ambiente onde ele está.

Habilidades técnicas ou tangíveis

Essas habilidades correspondem à atuação profissional em si. Dizem respeito à capacitação e técnica para o colaborador desenvolver as tarefas que lhe dizem respeito. Em outras palavras, são os conhecimentos específicos necessários para realizar o seu trabalho.

Por exemplo, se você estiver buscando um cargo de gestão, provavelmente, deverá ter um certo tempo de experiência na área, cursos de pós-graduação, habilidades de liderança (não apenas inatas, mas, sim, desenvolvidas) e, em certos casos, ser um grande influenciador de pessoas.

O que é preciso para se qualificar?

Para não errar no desenvolvimento de carreira, o primeiro passo é ter em mente onde você quer chegar. Por exemplo, alcançar estabilidade financeira e respeito profissional não significa, necessariamente, tornar-se um diretor de empresa. Há muitas pessoas, aliás, que não desejam esse tipo de promoção.

É o exemplo dos profissionais que atuam na chamada carreira em Y. As empresas que adotam esse tipo de plano de carreira oferecem, pelo menos, duas alternativas de ascensão profissional.

Na carreira em Y, o profissional pode escolher se tornar um especialista e ocupar um cargo técnico ou assumir uma área administrativa ou gerencial. Trata-se de uma questão de aptidão que, no fim das contas, favorece o crescimento profissional em ambos os braços da carreira.

De qualquer forma, para conquistar as qualidades profissionais que as empresas desejam é fundamental que você invista pesadamente na educação continuada. Se você já tem um diploma de graduação, não hesite em ingressar em programas de pós-graduação.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Caso tenha a intenção de ir para a área de ensino e pesquisa, os programas stricto sensu (mestrado, doutorado, pós-doutorado e livre docência) são os ideais. Por outro lado, se você quer foco no mercado, vale optar por cursos lato sensu (MBA e especializações), que aumentarão seus conhecimentos técnicos.

Paralelamente, invista no autoconhecimento e desenvolva habilidades sociais. Saber lidar com as próprias emoções, desenvolver a liderança e dominar uma boa oratória são alguns exemplos do que você pode fazer para melhorar suas qualidades profissionais como um todo.

Quais são as qualidades mais procuradas nos currículos?

Para que você tenha mais clareza sobre as qualidades profissionais de que estamos falando, separamos seis delas a seguir.

1. Capacidade analítica

Os colaboradores precisam ser capazes de enfrentar um problema, pensar e aplicar soluções de maneira decisiva. Embora varie de nível conforme a área de atuação, essa habilidade favorece que os colaboradores organizem-se, planejem e priorizem de forma eficaz suas atribuições.

2. Senso de liderança

Mesmo que você não esteja se candidatando a cargos de gerência, as habilidades de liderança estão entre as qualidades profissionais mais valiosas. O motivo para isso é que muitas empresas preferem investir na promoção interna em vez de buscar profissionais no mercado — procurando, geralmente, por fortes qualidades de liderança no seu quadro de talentos.

3. Domínio tecnológico

Com a transformação digital nas empresas, ter conhecimentos de informática está se tornando obrigatório. Se possível, vá além do pacote Office e descubra quais são os softwares e sistemas mais utilizados em sua profissão.

Além disso, esteja preparado para utilizar sistemas internos da organização. Isso pode incluir sistemas de gerenciamento de dados/conteúdos ou ferramentas específicas ― mas não entre em pânico, pois normalmente há treinamento.

4. Atitudes positivas

As empresas desejam colaboradores que mantenham atitudes positivas, mesmo em circunstâncias estressantes e desafiadoras. Essa capacidade de gestão das emoções denota seu nível de resiliência. Junto à positividade vem a flexibilidade, dedicação e disposição para contribuir com um esforço extra diante dos desafios.

5. Comunicação

A capacidade de se comunicar efetivamente ― tanto verbalmente quanto por escrito ― é essencial, mas rara. Aqueles com fortes habilidades de comunicação estão em alta, independentemente do trabalho ou da empresa.

Especialmente em cargos altos, você precisa ser eficaz na comunicação com colaboradores, gerentes, acionistas e clientes em todos os canais. Inclusive, há profissionais que investem até mesmo em cursos voltados à imagem e produção audiovisual, para o caso de terem de lidar com a imprensa ou gravar vídeos.

6. Facilidade de adaptação

A inovação é constante no mundo dos negócios. Sendo assim, os recrutadores querem profissionais que se adaptem facilmente às contínuas mudanças. Além do conhecimento técnico para compreender novos processos, mais uma vez entra a gestão das emoções, por meio do desenvolvimento da capacidade de pensar rapidamente e manter a calma sob pressão.

Agora que você conhece algumas das qualidades profissionais mais procuradas pelas empresas, é hora de falarmos novamente sobre a importância da educação continuada.

Uma das formas mais inovadoras de cursos superiores é a modalidade EAD (Educação a Distância). Graças ao seu formato, até mesmo pessoas pouco habituadas ao estudo on-line podem conseguir bons resultados. Além disso, essa é uma forma de desenvolver algumas qualidades profissionais, pois o ambiente digital do curso EAD favorece diferentes tipos de interação humanas e técnicas.

Então, continue conosco e saiba com detalhes o que é EAD e por que investir nesse formato de ensino para aumentar suas habilidades!

Powered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *