Subscribe Now

Trending News

Metodologia SMART: use para definir suas metas
Graduação

Metodologia SMART: use para definir suas metas

Para que qualquer objetivo seja alcançado, tanto na vida pessoal quanto profissional, é preciso que tenhamos planejamento. Até aí, provavelmente isso não é novidade para você. A grande questão é: de que maneira estabelecer cada passo a ser dado, como definir as etapas de realização e, mais importante, atestar os resultados desejados?

Para tanto, um dos métodos de gestão de metas mais eficazes é a metodologia SMART. Desenvolvida no início dos anos 1980 pelo consultor norte-americano George T. Doran (1939-2011), começou a ser louvada por altos executivos, mas também caiu nas graças de gente comum, como microempreendedores ou simplesmente quem deseja atingir um objetivo.

Pensando em ajudar você a galgar degraus para seu sucesso pessoal e profissional, este post é dedicado a falar sobre como utilizar a metodologia SMART para ter bons resultados. Vamos lá?

O que é a metodologia SMART?

Ter objetivos e metas bem definidos fornece um senso de direção, motivação, foco claro e determina o grau de importância para a sua realização. Por isso, a metodologia SMART surgiu para orientar a definição de cada uma das metas necessárias para atingir o resultado desejado.

SMART ― que em inglês é um adjetivo que significa “esperto”, “inteligente” ou “astuto” ― é um acrônimo de Específico, Mensurável, Realizável, Realista e Temporal. Portanto, uma meta SMART incorpora todos esses critérios para ajudar a concentrar seus esforços e aumentar as chances de atingir suas metas.

Como adotar uma meta SMART?

Para que você transforme suas metas em “SMART”, primeiro deve compreender com exatidão o que significa, na prática, cada uma das letras desse acrônimo. Então, confira:

  • Specific (específico): ter uma meta bem definida, clara e inequívoca;
  • Measurable (mensurável): a meta precisa ter critérios específicos que possibilitem aferir seu progresso rumo à realização;
  • Achievable (alcançável): deve ser realizável, ou seja, possível de alcançar;
  • Realistic (realista): a meta deve estar ao seu alcance, ser realista e relevante para o seu propósito de vida;
  • Time based (temporal): deve ter um prazo para acontecer e uma linha do tempo claramente definida, incluindo uma data de início e fim. O objetivo é criar um senso de urgência em você.

Quais são as vantagens de usar uma meta SMART?

Não importa se é para comprar um carro, investir em um negócio ou focar no desenvolvimento da carreira, utilizar metas SMART tem inúmeras vantagens.

Para atingir suas metas ou objetivos, é necessário se concentrar em muitas coisas e superar todos os obstáculos e intercorrências que possam surgir. Nesse sentido, ao transformar uma meta em SMART, você cria uma estrutura inteligente ao seu plano de ação e evita sair do trilho em caso de alguma adversidade.

Além disso, como o trabalho passa a ser dividido em várias etapas, o fator motivacional também tem destaque. Imagine que você deseja aumentar seu padrão de vida por meio do trabalho. Isso significa que você terá de assumir um cargo de liderança, que exige amplo conhecimento técnico, habilidades de gestão e falar pelo menos dois idiomas, além do português. Mas você deseja tudo isso em seis meses.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Será que essa meta é motivadora e atingível? Provavelmente não. Então, as metas SMART possibilitam que você desenhe todo o caminho para atingir seu objetivo maior, considerando prazos, nível de dedicação e até mesmo as dificuldades, a fim de que você não se desmotive.

Sendo assim, a meta SMART está inserida em um objetivo maior e implica uma série de tarefas que você precisa realizar de forma estruturada e com avaliação constante. Isso também ajuda você a trabalhar sem tanto estresse, bem como evita a procrastinação, uma vez que você enxerga com transparência todo o processo e consegue medir seu desempenho.

Como construir uma meta smart na prática?

Agora, vamos ver na prática como construir uma meta utilizando a metodologia SMART. Vamos focar, por exemplo, em sua carreira. Digamos que seu objetivo seja alcançar estabilidade financeira e autorrealização profissional. Para isso, entre muitas outras coisas, você terá de conquistar um diploma de pós-graduação na área X. Esta, então, é uma de suas metas SMART. Para estruturá-la, veja se é possível responder às seguintes perguntas contidas em cada uma das letras do acrônimo, como sugerimos a seguir.

(S) Específico

Esta é a fase de determinar em que consiste a meta desejada:

  • O quê? Determine a meta ― no caso, a realização do curso superior;
  • Por quê? Diga por que essa é a melhor saída;
  • Quem? Quem é responsável por administrar a meta (você);
  • Onde? Em que instituição você vai realizar o curso?;
  • Como? Identifique os requisitos e as necessidades para que você consiga cumprir o objetivo (orçamento, tempo, formação educacional prévia etc.).

(M) Mensurável

Aqui, geralmente são usados indicadores quantificáveis, como:

  • Quanto custa o curso?
  • Se for presencial, tenho de ir à faculdade quantos dias por semana?
  • Se for na modalidade EAD (Educação a Distância), qual a carga horária ideal de estudo diário/semanal?
  • Quais mecanismos são necessários para participar do curso (deslocamento até faculdade, computador, tablet etc.)?

(A) Alcançável

Nessa fase você vai especificar se essa meta é alcançável:

  • Isso é algo é realista e acessível? Observe se iniciar esse objetivo condiz com sua realidade ou não. Caso surja alguma dificuldade, determine o que fazer para tornar isso possível;
  • O que preciso fazer para conquistar essa meta? Separar 10% do salário para pagar as mensalidades, fazer um financiamento estudantil, arranjar uma renda extra, poupar dinheiro por tantos meses, deixar de lado alguma atividade pessoal momentaneamente etc.

(R) Realista

Observe o cenário e o que está sentindo no momento para acertar em sua decisão:

  • Parece valer a pena?
  • É o momento certo para investir nesse curso?
  • Corresponde aos meus esforços e necessidades?
  • Tenho condições físicas, psicológicas, financeiras etc. para pôr em prática?

(T) Temporal

Esta é a fase em que falamos de prazos. Do contrário, o risco de sua meta ficar flutuando aleatoriamente em seus pensamentos é grande:

  • Quando começarei o curso?
  • Em quanto tempo consigo concluí-lo?
  • Como posso otimizar meu tempo para dar conta dos estudos?
  • Após quantas semanas da conclusão do curso recebo meu certificado?

Com um exemplo simples, você viu como a metodologia SMART muda significativamente a maneira como você enxerga suas metas e objetivos. Ao racionalizar o que você deseja, essa ideia sai do campo abstrato e transforma-se em algo concreto. Dessa forma, você começa a construção de um caminho e tem maiores chances de alcançar o que quer.

Gostou deste conteúdo? Então, acesse novidades e dicas exclusivas sobre educação e carreira por meio de nossas redes sociais. Curta nossas páginas no Facebook, LinkedIn e Twitter.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *