Subscribe Now

Trending News

Hábito de leitura: como faço para desenvolver?
Pós Graduação

Hábito de leitura: como faço para desenvolver?

Quando você pega um livro, uma revista, um jornal ou qualquer outro meio de informação, fica com aquela angústia de largar tudo e realizar outras tarefas? Não sabe mais o que fazer para ter o hábito de leitura no seu dia a dia?

Saiba que não é a única pessoa que sofre com isso, pois de acordo com dados da última pesquisa Retratos da leitura, do Instituto Pró-Livro, a estimativa é que 44% da população brasileira não têm esse hábito. No entanto, ler é primordial para se dar bem nos estudos, ter uma carreira exemplar e melhorar o seu marketing pessoal.

Tendo isso em vista, trouxemos neste artigo, algumas dicas indispensáveis no que se refere a ter o gosto pela leitura. Confira!

Trabalhe a paciência

Essa é uma dica que serve para qualquer campo da sua vida, afinal, a paciência é um dos pilares da inteligência emocional e ajuda bastante a ter concentração no que faz. Ser paciente em relação à leitura é ter a consciência de que não adianta desistir tão fácil, pois é preciso manter a sua rotina e cumprir as metas que estabeleceu.

Por isso, comece devagar, no seu tempo e adaptando aos poucos a essa jornada incrível que é adquirir conhecimento por meio de livros, jornais, revistas, blogs e outros meios. Se o livro estiver um pouco chato, pare um momento e retome a leitura em outra oportunidade — isso estimula o cérebro a pensar no tema e contribui para você não enjoar tão fácil.

Estabeleça metas diferentes

Ter um objetivo é fundamental para alcançar o que deseja e colabora bastante para você demonstrar disciplina, foco e se habituar à leitura bem mais rápido. Independentemente do gênero que escolha, crie metas diárias, semanais, quinzenais, mensais e anuais para que o seu ritmo se adapte gradativamente.

Você pode, por exemplo, estipular o objetivo de ler 5 páginas por dia para começar e, conforme for pegando gosto, aumentar o número para 10, 15, capítulos inteiros e assim por diante. Sempre que possível, escolha um outro livro para ficar como próximo da lista ao terminar sua leitura. Assim você sempre mantém a mente ocupada e não corre o risco de ter preguiça.

Escolha os assuntos que gosta

Uma das maiores preocupações de quem deseja ter o hábito da leitura, sem dúvida alguma, é compreender o que realmente gosta. Por isso, faça uma autoanálise e perceba quais são os assuntos que mais chamam a sua atenção no dia a dia, filtrando o que pode ser útil para o seu conhecimento e focando, principalmente, o trabalho e os estudos.

É interessante que você experimente o máximo de gêneros possíveis, até chegar àquele que tem mais a ver com o seu tipo de leitura. Caso curta bastante a cultura pop, procure livros que inspiraram filmes, jogos, desenhos, séries e demais mídias para iniciar — assim, o gosto pela leitura se torna mais tranquilo e prazeroso.

Faça uma lista de livros

Partindo do princípio que você já sabe as metas de leitura que tem, chega a hora de escolher os livros que vão compor o seu cotidiano daqui para frente. O número de livros é bem relativo e dependerá muito do tempo que tem disponível e do número de páginas presentes em cada obra.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Para incentivar você a adquirir novos livros, visite feitas, exposições, bibliotecas, livrarias e demais lugares em que possa ter contato com as publicações e sentir quais valem mais a pena. Além disso, busque por resenhas no YouTube, a fim de entender a opinião dos críticos e ter uma motivação a mais para começar a ler.

Defina um horário de leitura

Ter uma boa gestão de tempo é uma dica infalível, afinal, você vai precisar se organizar direito se quiser cumprir com suas obrigações literárias. Sendo assim, estipule horários em que seja bem mais fácil se dedicar de verdade à leitura, sem que haja interrupções ou outros empecilhos.

Uma dica interessante é associar o seu hábito de ler com outras atividades do cotidiano, ou seja, você cumprir suas metas enquanto está a caminho do trabalho, na fila de um banco, na hora do almoço, etc. Escolha também se lerá de manhã, à tarde ou à noite, sendo que próximo do horário de dormir é muito mais arriscado se atrapalhar e cair de sono sem entender bulhufas do que leu.

Crie um espaço ideal para ler

Essa é uma decisão que serve muito para um cronograma de estudos de vestibulares e concursos também, pois um bom ambiente de leitura é primordial para entender o conteúdo. O ideal é que o lugar seja silencioso e não tenha quaisquer distrações, tais como telefone tocando, conversas paralelas, pessoas querendo sua atenção, entre outras coisas.

A iluminação é um fator importantíssimo, pois caso seja preciso forçar os seus olhos para compreender o que está escrito, a sua visão pode ser — muito — prejudicada. Os fatores climáticos também influenciam, tais como ambientes muito abafados ou gelados, por isso, busque sempre o meio termo e esteja confortável para colocar a leitura em dia.

Converse com seus amigos sobre os livros

Alguma vez na vida você já ouviu falar de que a melhor forma de aprender um assunto é passá-lo para frente? Essa é a mais pura verdade, tendo em vista que ao conversar sobre o que leu com seus amigos, familiares, conhecidos e demais pessoas, é possível dar o seu parecer do que achou e estabelecer um diálogo construtivo.

Conversar a respeito dos livros que está lendo ou pretende ler é uma maneira de incentivar os outros a lerem e compreenderem o que acabou de consumir. Uma dica que enriquece muito essa experiência é participar de aplicativos ou fan pages literárias no Facebook, pois isso só reforça a sua motivação para ler — e o contato com outros leitores pode fazer você tomar gosto por livros que sequer imaginava a existência.

Exerça o seu lado voluntário

Talvez você não saiba ainda, mas existem diversas instituições no país que necessitam de voluntários dispostos a ler para crianças, idosos, pessoas com baixa visão, entre outros públicos. Essa é uma maneira de colocar em prática não apenas o gosto pela leitura, mas a sua interpretação de texto e dicção, o que pode ser perfeito no ambiente de trabalho para organizar reuniões, dar treinamentos ou feedbacks.

Exercer o lado voluntário é uma forma de demonstrar que tem empatia pelo próximo, auxiliando no desenvolvimento e na autoestima de pessoas que não tiveram as mesmas condições que as suas. Portanto, procure instituições que necessitem de contações de histórias e, aos poucos, perceba que participar da evolução intelectual de alguém só tem a contribuir para sua melhora como ser humano também.

Para finalizarmos, entenda que adquirir o hábito de leitura é como andar pela primeira vez, isso é, no começo é difícil, mas seguindo passo a passo, vamos entendendo como funciona e jamais esqueceremos o quanto isso é importante para as nossas vidas.

Se você gostou deste artigo e acha que seus amigos também precisam conhecer essas dicas, não tenha receio de compartilhar o post em suas redes sociais e deixá-los por dentro do assunto!

como-se-destacar-no-mercado-e-saber-se-posicionar-nas-redes-sociaisPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *