Subscribe Now

Trending News

Mudança de emprego: como saber se está na hora?
Geral

Mudança de emprego: como saber se está na hora?

“Quero mudar de emprego”. Se essa frase não soa familiar, você, provavelmente, conhece alguém que está passando ou já passou por essa situação, não é mesmo? Trata-se de uma decisão que deve ser feita com muito cuidado, afinal, deixar o trabalho atual para enfrentar os desafios da recolocação no mercado pode não ser uma tarefa tão simples assim.

No entanto, não é preciso deixar de lado esse objetivo somente por conta das possíveis dificuldades. Com o devido planejamento e, principalmente, entendendo qual é a hora certa para fazer essa mudança, todo o processo se torna menos complexo e mais seguro para o profissional. Quer entender melhor o assunto? Continue conosco na leitura do post!

Quando é hora de mudar de emprego?

Você tem um trabalho estável, em que aprendeu muitas coisas e, até mesmo, desenvolveu competências, sempre cumprindo com as suas funções com qualidade. Mas, ainda assim, o sentimento de insatisfação profissional prevalece ao final de todos os dias. Saiba que esse é um grande indicativo de que chegou a hora de mudar de emprego.

Abaixo, reunimos os principais motivos que levam as pessoas a tomarem essa decisão.

Falta de satisfação e motivação

Não ter motivação às vezes para ir ao trabalho pode até ser algo normal, afinal de contas, todos nós temos aqueles dias em que não estamos 100% bem e dispostos, certo? No entanto, caso essa seja uma situação recorrente, pode representar um sinal de descontentamento na carreira.

O mesmo vale para quando você sente que não tem mais a mesma motivação para trabalhar do que antes, e que o expediente, todos os dias, parece demorar uma eternidade para terminar. Algumas pessoas desmotivadas e insatisfeitas podem, até mesmo, se sentir tristes somente ao pensar no trabalho.

Irritabilidade e ansiedade

Acima, falamos dos sentimentos de estresse e tristeza que podem surgir só de imaginar o trabalho, nos casos de insatisfação. Outro sinal que também conta bastante no momento de entender se está na hora de mudar de emprego é a irritabilidade.

Caso você sinta que seu humor muda — para pior — todos os dias ao ir para o trabalho, algo definitivamente não está certo. Com isso, vem também a ansiedade, que pesa bastante nesse contexto. Quando as sensações citadas dominam, fica até difícil enxergar que é possível, sim, mudar de emprego e de vida.

Reclamação constante sobre o trabalho

Levar os problemas do expediente para casa é algo mais perigoso e desgastante do que pode parecer. Se você já se pegou queixando sobre o trabalho constantemente com amigos e familiares, até mesmo em momentos nos quais a conversa não tem nada a ver com o assunto, entenda que esse pode ser um dos sinais de que está na hora de mudar de emprego.

Falta de perspectiva, metas e objetivos

As metas e objetivos funcionam como combustíveis para manter o profissional motivado no trabalho e, até mesmo, na vida. São justamente esses dois fatores que permitem que ele conquiste seus objetivos e se sinta realizado — ou seja, sem eles, fica difícil prosperar.

Aqui entra também a ausência de perspectiva. Não se enxergar mais evoluindo profissionalmente no trabalho atual é um dos indicativos de que algo não está bem e de que é o momento certo para considerar uma mudança de emprego.

Uma oferta irrecusável

Recebeu uma proposta de trabalho irrecusável de outra empresa? Então, definitivamente, é um sinal de que chegou a hora de mudar de emprego, afinal, você está considerando aceitar a nova oferta. Além disso, é também um sinal de que você é um candidato que chama a atenção de potenciais empregadores — e simplesmente superou a vaga atual.

Cedo ou tarde, todas as pessoas crescem demais para o cargo que estão ocupando. Ao longo da sua carreira, você pode notar, por exemplo, que receber uma promoção na empresa em que trabalha é apenas um sonho. Então, se sente que seu emprego atual não é suficiente para suas necessidades e expectativas, e recebeu uma nova e ótima oferta, pode ser a hora de mudar de cargo ou de empresa.

Sensação de desajuste

Um chefe complicado ou uma empresa com valores diferentes dos seus podem tornar sua vida bem difícil. As mudanças organizacionais levam muitas pessoas a se sentirem desajustadas no ambiente, chegando a pensarem em mudar de emprego.

Há diversos fatores que podem influenciar a decisão de sair do emprego e, muitas vezes, eles se resumem às preferências pessoais. A cultura da empresa é um fator decisivo para manter um profissional feliz e satisfeito no cargo, desde o seu nível de contribuição até o relacionamento interpessoal no trabalho. Por isso, uma cultura que não atende ao seu estilo de trabalho pode acabar afetando sua decisão de ficar ou sair.

O trabalho precisa se encaixar em sua vida para que você não se sinta desajustado. Isso quer dizer que é preciso haver um alinhamento entre o que acredita, o que é realmente confortável para você e tudo o que a companhia pode oferecer. O desequilíbrio entre tais fatores vai colocar você em uma situação conflituosa. Se estiver sentindo sua vida profissional como um peso em suas costas, pode ser o momento de mudar!

Você parou de se importar

Perdeu o direcionamento e a paixão pelo seu trabalho? Não se importa mais com os resultados? Então, saiba que não está fazendo nenhum favor à sua equipe ou a você mesmo, caso tenha parado de ser produtivo. Não é justo consigo mesmo e muito menos com o resto do departamento se você parou de se importar e de dividir a responsabilidade das tarefas. Portanto, se chegou a esse ponto, mude de emprego imediatamente.

200826_Prêmio-Reclame-Aqui_banner-Blog_Votação-Aberta-01 (2)Powered by Rock Convert

Falta de desafios

Esse é, sem dúvida alguma, o maior sinal de que seu emprego não é mais interessante e bom para a sua vida. Você sente que não está aprendendo no trabalho e que não está sendo desafiado? Antes de tudo, é preciso diferenciar esse sentimento de um simples e comum tédio, certo? Saiba que toda profissão tem dias não tão interessantes como outros.

Agora, se esse sentimento for constante a ponto de deixar você desanimado de ir para o trabalho de manhã, pode, realmente, ser um alerta de que chegou a hora de fazer mudanças.

Vale lembrar que bônus, aumento de salário e um bom ambiente de trabalho podem diminuir essa sensação de não estar sendo desafiado por algum tempo. Porém, com o tempo, nada vai ajudar, caso você realmente conclua que seu trabalho ficou fácil demais e que não tem mais desafios para superar.

Relacionamento ruim com colegas

A maior parte dos problemas interpessoais dentro das corporações pode ser solucionada com um alinhamento de expectativas e de processos, além, é claro, de uma boa conversa. Mas se você está sentindo que chegou em um estado de esgotamento e que a situação é tão complexa que não pode mais ser resolvida, talvez seja o momento de começar a buscar outro emprego.

Se isso acontecer, siga em frente, jamais guarde rancor e procure deixar as portas sempre abertas onde quer que esteja. Manter sua lista de contatos saudável é sempre o melhor caminho.

Quero mudar de emprego: o que devo fazer?

Confira algumas dicas importantes para esse momento!

Prepare-se para o mercado

Considerando o cenário atual do mercado de trabalho, no qual a competitividade e a exigência são cada vez mais presentes, é preciso estar preparado para se destacar entre os demais profissionais. As empresas buscam trazer para seus times aqueles candidatos qualificados, que estão sempre atrás de conhecimento e atualização.

Nesse contexto, quem não investe em um curso de nível superior acaba sempre um passo atrás da concorrência. Para mudar de emprego e se recolocar no mercado com segurança, é ideal que o profissional procure aperfeiçoar ainda mais os seus conhecimentos e habilidades.

Uma boa opção, caso você não tenha tempo ou condições para ir até a faculdade diariamente, é estudar on-line. Para isso, há várias graduações EAD disponibilizadas nessa modalidade de ensino. É importante lembrar que, ao estudar em um ambiente virtual, é preciso ter muita dedicação e compromisso.

Amplie suas oportunidades por meio do networking

Contar com uma rede sólida de contatos profissionais faz toda a diferença para quem quer mudar de emprego, podendo ser, até mesmo, um fator decisivo para a rapidez na recolocação no mercado. Isso porque essas conexões, conhecendo a sua experiência e habilidadesserão as primeiras a lembrarem de você quando souberem de alguma oportunidade que se encaixe em seu perfil, facilitando o seu contato com as empresas.

Uma alternativa eficaz para fazer networking, especialmente para aqueles que já têm uma rotina atribulada, é entrar em um curso de nível superior, tanto presencial como a distância. Dessa forma, você estará em contato direto com pessoas da mesma área ou que contam com experiência em campos diferentes, além, é claro, de professores e demais acadêmicos. Essa é, definitivamente, uma boa forma de ampliar oportunidades, não concorda?

Drible o medo de mudanças

O medo de mudanças é algo normal, afinal, sempre há um certo receio quando o assunto é o desconhecido. No entanto, para os profissionais que querem mudar de emprego e se recolocar no mercado, isso pode ser um fator desanimador.

Muitas pessoas acabam permanecendo insatisfeitas em suas funções até o momento de se aposentar, deixando as coisas como estão porque preferem não se arriscar, porque têm medo de falhar ou porque não querem perder certos fatores de segurança, como um salário considerado alto.

Por mais que essa afirmação possa soar clichê, o medo do que está por vir é um empecilho que deve ser trabalhado pelo profissional de dentro para fora — e, é claro, com o devido planejamento. Somente assim será possível enxergar a mudança como algo positivo e que pode ser a chave para uma vida melhor.

Pronto para mudar de emprego?

Nem sempre é uma tarefa fácil tomar a decisão de mudar de emprego, e, na maior parte das vezes, acaba envolvendo pontos que vão muito além da remuneração ou da simples ocupação na empresa. Por esse motivo, antes de efetivamente trocar de cargo ou de organização, é fundamental entender se o seu cenário atual está realmente pedindo essa troca. Fique atento também às melhores formas de executar essa mudança com sucesso.

Quero mudar de emprego! Como foi possível perceber, atender a esse anseio pode parecer complicado quando não há perspectiva e planejamento — mas o processo não precisa ser um bicho de sete cabeças. Considerando as dicas reunidas acima, tenha a certeza de que o caminho para a satisfação profissional e uma carreira de sucesso estará mais próximo do que você imagina!

Gostou do assunto que trouxemos em nosso artigo? Para fazer com que mais pessoas saibam como se planejar antes de mudar de emprego, compartilhe, agora mesmo, este post em suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *