Subscribe Now

Trending News

Você sabia que desenvolver Soft Skills pode garantir seu emprego?
Artigos

Você sabia que desenvolver Soft Skills pode garantir seu emprego?

(*) Vanessa Rolon 

Em um mundo cada vez mais interconectado e VUCA (vulnerável, incerto, complexo e ambíguo), a colaboração humana para desenvolver e implantar processos é determinante para o sucesso das empresas. Pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, revelam que 90% das promoções estão relacionadas às atividades comportamentais e que 85% do sucesso profissional e pessoal está relacionado às chamadas Soft Skills. Assim, as empresas estão valorizando as atividades comportamentais nos processos de seleção.  

Mas o que são as Soft Skills? Se fôssemos traduzir literalmente seriam “habilidades leves”, ou “macias”. Porém, traduzimos para o português como “habilidades interpessoais”. Alguns exemplos podem deixar mais claro e o primeiro deles é saber se comunicar. Muitas pessoas não conseguem transmitir suas mensagens, ideias, até mesmo atividades que devem ser realizadas por, porque não desenvolveram uma comunicação assertiva, não falam a linguagem da audiência, deixam uma lacuna entre o emissor e o receptor da mensagem. Sendo assim, saber se comunicar é uma soft skill importantíssima.  

Outra é a escuta ativa que está relacionada ao fato de as pessoas escutarem o que o outro está dizendo, argumentarem, defenderem seu ponto de vista e juntos construírem um novo conhecimento. As empresas valorizam esta habilidade porque ela contribui para a aprendizagem organizacional, diferentemente de quem não sabe escutar e fica somente rebatendo o que o outro está expondo. É importante ter relacionamento interpessoal – saber trabalhar em equipe, desenvolver projetos colaborativos, ser solícito, ter disponibilidade para trocar experiências e conhecimento visando a excelência dos projetos desenvolvidos. 

Também é valorizado quando as pessoas têm foco nas atividades que estão desenvolvendo, é preferível aos que fazem mil coisas corriqueiras ao mesmo tempo e está relacionado a saber priorizar atividades. E outro exemplo é desenvolver empatia. É necessário entender os tipos de empatia: a cognitiva – de se colocar no lugar do outro, a emocional – de compartilhar a dor, a compassiva – de se colocar à disposição do outro, de realmente ajudar. 

Habilidades sociais e comportamentais são prioridades para contratação e/ou manutenção de pessoas nas organizações. Mas como desenvolver ou aprimorar estas habilidades? Em primeiro lugar você precisa se autoconhecer, saber quais são suas forças que deverão ser enaltecidas, quais suas fraquezas para que possa melhorar, ou seja, saber quais são os pontos fortes e fracos analisando sua vida pessoal e profissional.  

Este autoconhecimento não é um processo acabado, pelo contrário, faz parte de uma jornada de aprendizagem para a vida – o chamado “life long learning. Portanto, se você tem um sonho de trabalhar em determinada organização, ou quer continuar performando bem na organização que já trabalha, lembre-se: Soft Skills são habilidades fundamentais. Se desenvolva, tenha foco, disciplina e o sucesso virá como consequência. 

(*) Vanessa Rolon é coordenadora do curso de Administração nas modalidades EAD, Presencial, Semipresencial e Telepresencial, e coordenadora do CST em Gestão Estratégica Empresarial do Grupo Educacional UNINTER 

Powered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *