Subscribe Now

Trending News

Como se preparar para as vagas em startups?
Geral

Como se preparar para as vagas em startups?

Definitivamente, o mundo se tornou digital e a tecnologia já faz parte das nossas vidas nas coisas mais simples. Na esteira desse avanço tecnológico, começaram a surgir as chamadas startups. De forma resumida, uma startup é um tipo de negócio iniciado do zero, a partir de uma ideia inovadora ou inédita para a solução de um determinado problema.

Em geral, tem sua base digital e trabalha de forma que o negócio se torne escalável (possa ser repetido em grande quantidade, gerando impacto, lucro e empregos). Esse é o caso de grandes empresas, como o Uber, Ifood, AirBnb e Spotify, que hoje somam bilhões de dólares de faturamento.

Como tem tudo a ver com o perfil dos jovens de hoje, as vagas em startups estão pipocando e atraem gente de diferentes áreas, mas com o objetivo comum de trabalhar com inovação. Por isso, se você tem interesse em investir em uma carreira digital, esta é a hora e este post é para você.

Fique conosco nesta leitura e veja como é possível se preparar para conquistar sua vaga em uma startup!

Por que trabalhar em uma startup?

Poucas coisas são mais emocionantes do que se envolver em um novo projeto, construir ideias com seus colegas de equipe e ver como o trabalho cresce, evolui e se multiplica.

Trabalhando em uma startup, você se afastará da chata “lista de tarefas predefinidas” para embarcar em um mundo repleto de novos desafios e possibilidades. Em uma startup, você terá que ajudar a criar soluções do zero, imaginar e desenvolver os fluxos de trabalho que melhor se adequam à empresa, alterar e adaptá-los uma ou outra vez.

Tanto para profissionais recém-formados quanto para quem está a fim de mudar de carreira, trabalhar em uma startup é uma maneira incrível de adquirir experiência e continuar aprendendo.

Já aos profissionais com experiência em suas áreas, trocar um negócio corporativo por uma startup geralmente pode ser uma forma de quebrar anos de rotina, alcançar novos objetivos, recuperar a paixão e usar seu conhecimento para ajudar a criar algo e continuar crescendo como profissional.

Separamos aqui uma lista rápida com alguns motivos por que trabalhar em uma startup pode fazer você definitivamente se enquadrar entre os profissionais do futuro. Confira.

Crescimento pessoal e profissional

Você vai trabalhar com uma equipe esforçada em criar um ambiente positivo e que vibra com a própria superação. Além de compartilhar seus conhecimentos técnicos em equipes formadas por diferentes especialistas, você também vai aprender a desenvolver suas habilidades sociais.

Variedade de trabalho

Como os projetos são inúmeros, você não fará sempre as mesmas tarefas e terá novos desafios constantemente.

Aprendizado

Como tudo se transforma, seu aprendizado também aumentará muito e você vai agregar conhecimentos em uma velocidade muito grande.

Ser influenciador

Uma vez que você ganha espaço e seu trabalho é reconhecido, você pode influenciar positivamente outras pessoas e multiplicar suas ideias.

Oportunidades de trabalho de alto nível

Nesse ambiente revolucionário, as oportunidades de trabalho são grandes e podem proporcionar experiências bem interessantes para sua carreira.

O que fazer para ser um candidato a vagas em startups?

A esta altura, você deve estar morrendo de ansiedade para saber como se moldar ao perfil ideal dos candidatos a vagas em startups. Então, confira nossas dicas a seguir.

Trabalhe sua mentalidade

O primeiro passo para trabalhar em uma startup é desenvolver o que se chama the startup thinking, ou pensamento de startup. Na prática, significa abandonar a maneira tradicional de se pensar e agir no cotidiano de uma empresa, em que as atividades são mais lineares, constantes e sem surpresas.

Nesse sentido, os recrutadores esperam que você tenha a capacidade de lidar com situações adversas, responder de forma proativa às dificuldades, ter criatividade para resolver problemas com os recursos disponíveis e, principalmente, abertura a aceitar mudanças repentinas nos processos e no negócio como um todo.

Aprenda tudo sobre startups

Sabe aquela história de que você deve estudar a empresa quando for participar de uma entrevista de emprego? Com as startups não é diferente. Nesse caso, no entanto, você deve selecionar as empresas que mais têm a ver com você e estudar seu funcionamento, práticas, cultura organizacional, processos, sistemas informatizados, produtos e serviços, marketing e afins.

Dessa forma, você chegará aos processos seletivos com mais consciência sobre suas possibilidades de atuação dentro da empresa e com argumentos coerentes para as perguntas que tiver de responder.

Procure as vagas no lugar certo

Não se limite a procurar vagas em startups nos canais tradicionais, como sites de empregos.

É muito comum que essas empresas utilizem diferentes ferramentas para divulgação de suas vagas. Um exemplo disso são os perfis no LinkedIn, rede social que tem unido muitas organizações e profissionais do mundo todo. Além disso, há startups que desenvolvem processos seletivos mais informais, por exemplo, divulgando suas vagas no Facebook, Instagram ou no próprio site da empresa.

Trabalho seu perfil nas redes sociais

Já que citamos acima o Facebook, Instagram e LinkedIn, vale dizer que seu perfil nas redes sociais é um importante meio de sua autopromoção perante as startups.

Sendo assim, incremente seus perfis nas redes sociais para mostrar suas habilidades, seu profissionalismo e traços positivos de sua personalidade. Se possível, crie conteúdos interessantes, os quais demonstrem suas habilidades e aptidões para o trabalho em startups.

Construa seu networking

As redes de relacionamento ou networking são importantes em qualquer carreira, certo? No caso do trabalho em startups, esses relacionamentos podem surgir a partir do seu engajamento em comunidades de freelancers, ao seguir personalidades e especialistas da sua área de interesse, bem como participando de eventos desse nicho.

Dessa maneira, você começa a ficar a par das demandas do mundo das startups e pode até mesmo se tornar uma pessoa conhecida na área e ter a oportunidade de demonstrar habilidades úteis na carreira digital.

Invista em seu aprendizado

A capacitação profissional é um item muito importante para quem deseja explorar um mundo de inovação, como é o das startups. Sendo assim, busque cursos que possam agregar os conhecimentos necessários para que você amplie seu aprendizado e tenha condições de competir no mesmo nível de outros profissionais.

Tente, se possível, unir sua formação a cursos relacionados a área digital, como marketing, programação e business intelligence (inteligência de negócios). Se necessário, não pense duas vezes entre cursar uma graduação ou investir em uma pós-graduação. Sem dúvida, seu currículo ficará muito mais rico.

Como você pôde ver, nesse ambiente de inovação, característico das startups, é fundamental que você agregue habilidades pessoais e técnicas — as chamadas soft skills e hard skills. Como estamos falando de empresas jovens, empreendedoras em constante inovação para se manter em crescimento, você precisa ter uma ótima gestão das suas emoções e saber como reagir diante dos desafios, ao mesmo tempo que demonstra capacitação suficiente para entregar resultados de maneira ágil.

A boa notícia é que você não está a sós. Como as vagas em startups têm apresentado o amplo crescimento, já existem cursos de graduação voltados a esse segmento.

Então, antes de ir embora, conheça o curso de Gestão de Startups e Empreendedorismo Digital da Uninter. Veja como ampliar aqui as fronteiras do seu sucesso.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *