Subscribe Now

Trending News

Qual o modelo de trabalho preferido pelos brasileiros?
Carreira

Qual o modelo de trabalho preferido pelos brasileiros?

Com o avanço da vacinação contra a covid-19 em território brasileiro e a diminuição de casos e mortes, aos poucos a vida da população média nacional vem retornando à normalidade, reconectando as interações sociais e retomando velhos hábitos.

Se, no início, todos pensavam que a pandemia tomaria no máximo alguns poucos meses, o biênio pandêmico tornou rotina várias dinâmicas tidas inicialmente como “emergenciais”, como por exemplo, a forma de trabalho. Por se tratar de um vírus respiratório e de alto poder de contaminação, a legislação brasileira regulamentou o teletrabalho, e todos os funcionários corporativos passaram a trabalhar de casa.

Acontece que, dessa situação peculiar, surgiu uma nova dinâmica profissional, chamando a atenção de empresários e companhias de todo o Brasil, antenadas nas tendências mercadológicas. Equilibrar a vida profissional e pessoal, além de melhorar a qualidade de vida do funcionário, encurtar distâncias e otimizar o tempo, e ainda diminuir eventuais gastos com transporte e alimentação anteciparam uma tendência que já vinha se apresentando até mesmo antes da pandemia.

Leia também: 5 tendências para o e-commerce pós-pandemia Como se preparar para o retorno das aulas presenciais?

Tanto é verdade que recrutadores precisam agora, nas especificidades de suas vagas, comunicar qual o modelo de trabalho ofertado, se será presencial, híbrido ou a distância. Mas a pergunta que não quer calar: Qual é o modelo de trabalho preferido pelos brasileiros? De acordo com pesquisa realizada pelo site de soluções tecnológicas para recrutamento Vagas.com, a maioria dos brasileiros prefere o trabalho híbrido, ou seja, alguns dias em casa e outros na empresa.

Além da flexibilidade e redução de custos, o modelo híbrido é o queridinho da maioria dos trabalhadores, pois muitos acreditam ser fundamental interagir presencialmente com os colegas, além de aproximar equipes. Ludmila Seki, especialista em Marketing na Vagas.com, afirma que “essa flexibilidade foi notada rapidamente e despertou uma grande motivação para muita gente, que jamais pensou que poderia ajustar agendas profissionais e pessoais. Mas essas mesmas pessoas também viram que era necessário ir até o trabalho, mesmo que por menos vezes, para interagir com os colegas. Isso veio para ficar e já é um diferencial competitivo das empresas na atração e retenção de talentos”.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de outubro e 07 de novembro de 2021 por e-mail e contou com a participação de mais de 11 mil candidatos da base de dados do Vagas.com.

Híbrido Presencial Totalmente remoto
42% 32% 26%

 

E você, prefere qual modelo de trabalho? Gostou desse post? Não deixe de compartilhar com os amigos. Para conferir mais números da pesquisa, clique aqui.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.