Subscribe Now

Trending News

Método GTD: como aumentar a sua produtividade nos estudos?
Pós Graduação

Método GTD: como aumentar a sua produtividade nos estudos?

Um dos maiores desafios para adultos que desejam investir no desenvolvimento de suas carreiras por meio de melhor formação acadêmica é driblar a própria agenda atribulada e conseguir “encaixar” mais uma atividade que exige responsabilidade e dedicação. Por isso, é muito comum que estudantes adultos com alto potencial a excelentes resultados acabem frustrando-se e abandonem seus objetivos por não conseguirem a produtividade desejada.

Felizmente, o método GTD aparece entre as ferramentas mais eficazes para que você consiga gerenciar não apenas seus momentos de estudo, mas todas as atividades que precisam ser cumpridas. Como ter organização é a melhor forma de “dar conta do recado” e evitar acúmulo de tarefas, vale a pena investir em técnicas simples, muitas vezes de custo zero.

Que tal conhecer o método GTD e conquistar seus objetivos de estudo com tranquilidade e satisfação? Continue conosco na leitura deste artigo e tenha excelentes insights para aumentar sua produtividade!

O que é o método GTD?

O método GTD, cuja sigla significa Get Things Done (algo como “faça bem as coisas”), é uma metodologia de produtividade pessoal criada pelo empresário e consultor David Allen. O termo apareceu pela primeira vez em 2001, com a publicação da obra Produtividade Pessoal: A Arte da Produtividade sem Stress (título de lançamento no Brasil). Posteriormente apareceram outras publicações com novas abordagens sobre o assunto.

A grande diferença em relação a outras ferramentas de produtividade é que o método GTD vai muito além de simplesmente promover um planejamento eficaz de tarefas. Na verdade, trata-se de uma ferramenta de autoconhecimento para criar em você um sistema que permite desenvolver clareza mental, espaço para raciocinar e tomar decisões.

Para isso, o método GTD procura aliviar a “memória RAM” do cérebro, retirando preocupações, dificuldades e qualquer outra informação que tire o indivíduo de seu foco principal. Com isso, é possível aprender sobre todos os processos necessários para que suas metas e seus objetivos sejam cumpridos, levando em conta seu bem-estar e equilíbrio psicológico.

Os bloqueios mentais são uma das principais causas de procrastinação. É como se ficássemos pensando em outras coisas que não têm a ver com a tarefa principal daquele momento. E, com isso, nossa liberdade de ação e a própria criatividade ficam prejudicadas.

A eficácia do método GTD dá-se ao permitir que tenhamos total conhecimento das tarefas que devemos desempenhar no dia a dia. Em geral, nossas vidas são cercadas de três tipos de atividades:

1.    Atividades não planejadas: normalmente são trabalhos extras ou contratempos no meio do caminho. Podem ser decorrentes da falta de organização ou puros imprevistos.

2.    Atividades predefinidas: são aquelas já estabelecidas em sua rotina. Normalmente têm objetivos claros e algum tipo de prazo, portanto, são prioritárias.

3.    Atividades a serem definidas: são tarefas que deverão ser realizadas, mas não têm tanta urgência ou data prevista. Também são ideias que surgem e poderão ser postas em prática.

Por isso, a psicologia GTD de Allen sugere a reorganização de nosso pensamento por meio da criação de um mindset (modelo mental) que permita a instalação de novos padrões de comportamento para que a organização desejada seja posta em prática. Vale dizer que esses hábitos não são criados de uma hora para outra. Até que seu corpo e mente se adaptem à nova dinâmica, pode levar algum tempo, porém vale a pena persistir.

A ideia é que você coloque “ordem no caos” de seu cérebro. Para isso, Allen divide o método GTD em cinco passos essenciais. São eles:

1.    Capturar: junte tudo que toma 100% de sua atenção, seja em âmbito pessoal ou profissional. Não despreze nada, por menor que pareça;

2.    Processar: é hora de analisar o que cada coisa significa e decidir o que é importante e realizável desde já. Do contrário, arquive, jogue fora, deixe para lá.

3.    Organizar: coloque cada coisa no lugar onde merece estar. Crie um sistema de lembretes com as ações necessárias para cada tarefa e deixe à vista.

4.    Revisar: revise as listas de tarefas periodicamente para se manter atualizado, fazer correções e limpar a mente do que já passou.

5.    Empenhar-se: utilize seu sistema de forma confiante para tomar as devidas ações.

Quais são os benefícios do método GTD nos estudos? 

Como dissemos, o método GTD é uma metodologia de reorganização mental que traz inúmeras vantagens para o cotidiano. Com relação aos estudos, veja alguns de seus benefícios.

Adeus ao estresse

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Uma vez que você cria um sistema confiável de organização, não gastará mais energia pensando em tudo que precisa dar conta e “ainda” ter de estudar. Com isso, fica muito mais fácil enfrentar seus desafios profissionais e pessoais, sem sofrer em qualquer lado.

Economia de tempo

Com um sistema de organização suficiente, é possível encontrar tempo para tudo, inclusive para os momentos de lazer. Como o método GTD não faz distinção entre aspectos pessoais e profissionais, qualquer atividade pode ser incluída na lista de tarefas.

Foco

O método GTD permite remover da sua mente tudo o que é irrelevante no momento e lhe dá a tranquilidade de que é possível focar-se totalmente nos estudos sem se preocupar com nada mais.

Organização

Com uma lista de tarefas bem-organizada e prioridades definidas, você sente seu dia fluir e tem a certeza de que tudo tem seu horário e sua prioridade. Logo, tem a sensação de que tudo está no seu lugar e dá espaço para um ambiente muito mais criativo, sem outras interferências.

Produtividade

É uma consequência de tudo que está acima. Se você gerencia sua atividade com eficiência, acaba fazendo mais em menos tempo. E, acima de tudo, sabe o que fazer e o que não fazer.

Como utilizar o método GTD nos estudos?

Agora, vejamos, na prática, como aplicar o método GTD para os estudos levando em conta seus cinco passos.

1. Coletar

Documente todas as tarefas que você precisa realizar ou participar no dia a dia: trabalho, reuniões, eventos, afazeres domésticos, filhos, tarefas da faculdade, provas etc. Escreva tudo em uma caderno ou no computador, mas não analise nada nem distribua datas e horários ainda.

2. Processar

Observe suas atividades e comece a definir um cronograma de atividades e os graus de prioridade diária. Não crie atividades genéricas, como simplesmente “estudar”. Defina ações exatas. Exemplos: ler 2 capítulos de um livro, fazer relatório, assistir a um vídeo, realizar teste on-line.

3. Organizar

Para maior produtividade, atribua a cada ação o contexto em que deve ser realizado: na faculdade, em casa, em grupo, online e prazos. Classifique todo o seu material de referência adequadamente, separando por cursos, assuntos e tópicos. Organize tudo fisicamente, para que você possa usar instantaneamente quando necessário.

4. Revisar

Revisar todo o sistema com a frequência adequada é outro hábito importante para fazê-lo funcionar. Todos os dias, revise as tarefas que estão no seu cronograma e, pelo menos uma vez por semana, observe as tarefas futuras para verificar como seus estudos e suas atividades estão evoluindo. Se necessário, redefina prazos e crie uma lista com “próximas ações”.

5. Empenhar-se

É hora de colocar a mão na massa. Diariamente, concentre-se nas atividades obrigatórias de seu calendário. Para o dia seguinte, veja a lista de tarefas que devem ser executadas e confira se a prioridade permanece a mesma. Redefina o que for necessário e, enfim, faça aquilo com mais importância. Trata-se de um exercício diário de perseverança.

Com um pouco de prática, você verá como o método GTD se tornará automático em sua vida. Não demorará muito e os resultados aparecerão a ponto de você não querer abandoná-lo mais. Sem dúvida, você estudará com muito mais tranquilidade e ainda sobrará tempo para fazer o que mais gosta!

Achou o método GTD interessante? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e divulgue a técnica aos seus amigos!

como-se-destacar-no-mercado-e-saber-se-posicionar-nas-redes-sociaisPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *