Subscribe Now

Trending News

O que são e como funcionam nossos laboratórios portáteis?
Geral

O que são e como funcionam nossos laboratórios portáteis?

Existem vários tipos de perfis profissionais, concorda? Cada um deles possui facilidades e desafios próprios para evoluir na carreira e conquistar novos objetivos. Nesse contexto, a qualificação por meio da educação e os laboratórios portáteis da Uninter podem ser de grande utilidade.

Para que você fique por dentro do assunto, preparamos este texto especial a respeito do tema. Pensando nisso, conversamos com Moacyr Paranhos Filho, que é Pró-Reitor de Administração Universitária e responsável pela Escola Politécnica da Uninter.

Ao longo do conteúdo, explicaremos como esses laboratórios portáteis funcionam e por quais razões eles são tão vantajosos. Acompanhe até o fim para não perder nenhum detalhe!

Para começar, como os laboratórios portáteis funcionam?

Estudar on-line é uma prática cada vez mais adotada pelos brasileiros por conta da flexibilidade de horários e da possibilidade de conciliar o trabalho com os estudos. Para se ter ideia, de acordo com um censo de 2017, realizado pelo Ministério da Educação (MEC) e divulgado pelo Estado de Minas, houve um crescimento de 133% dos polos de ensino a distância (EAD) no país. No entanto, alunos que estudam nessa modalidade, muitas vezes, sentem falta de atividades práticas, que são essenciais em várias disciplinas de diversos cursos.

De acordo com Moacyr, um dos desafios atuais do EAD é estabelecer como as atividades práticas serão feitas, uma vez que a distância pode ser um obstáculo nesse sentido. “A Uninter resolveu isso de forma esplêndida, superando vários cursos presenciais, inclusive. Isso porque, em algumas instituições, os alunos ficam no laboratório só observando e nem sempre têm uma intervenção direta nas experiências”, comenta.

Leia também:
Como saber se uma EAD é reconhecida pelo MEC?
Como a plataforma de ensino Uninter usa a tecnologia na modalidade EAD

Normalmente, o professor laboratorista executa as atividades, e os alunos só repetem. A solução projetada pela Uninter foi desenvolver e entregar aos alunos um conjunto de ferramentas próprio, também chamado de laboratório portátil.

Na prática, trata-se de um laboratório individual para viabilizar a execução de atividades e experiências específicas, sempre ligadas ao curso em questão. “Desse modo, é possível fazer não só as experiências solicitadas pelo professor da disciplina, mas também quantas outras quiser. O laboratório é do aluno e fica sob sua posse — ele pode levar os itens para onde preferir”, explica o pró-reitor.

Segundo Moacyr, a eficácia do método é garantida por meio das instruções dos professores, que ficam à disposição para corrigir e avaliar as eventuais falhas e imprecisões dos experimentos. Os alunos de Engenharia Elétrica recebem três laboratórios portáteis, com multímetro, protoboard e outros elementos que permitem simular uma série de conexões e circuitos, por exemplo.

“Alguns alunos nos reportam que fizeram experiências além do que é proposto pela disciplina. Há quem diga que desenvolveu uma automação em casa, como uma mangueira que rega o jardim automaticamente. Nós achamos essas experiências muito interessantes e temos certeza de que são benéficas para a formação profissional de uma pessoa”, relata.

Quais são as vantagens dos laboratórios portáteis?

Além de contribuir para a autonomia no processo de aprendizagem e oferecer a possibilidade de criar por conta própria, os laboratórios portáteis da Uninter são inovadores. Você pode fazer experiências fundamentais para a sua formação em casa ou em qualquer lugar — eles representam uma chance de testar as teorias aprendidas ao longo das aulas. Com esses pequenos laboratórios em mãos, você poderá aproximar-se de atividades que exercerá em seu dia a dia na carreira.

Como se esses benefícios não bastassem, os cursos passam a ser mais valorizados pelo MEC. “A comissão do MEC nos visitou para fazer a avaliação de reconhecimento dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia da Produção e Engenharia da Computação. Todos os avaliadores deram nota máxima, pois consideraram os laboratórios portáteis uma metodologia inovadora”, relata.

Ou seja, esses cursos são cinco estrelas, com resultados comprovados não só pelo MEC, mas também pelos alunos, no cotidiano. Afinal, os laboratórios portáteis têm uma estrutura muito grande e forte. “Como o aprendizado se dá pela repetição e pela realização de testes, esses equipamentos são importantes por ajudarem a fazer experiências inúmeras vezes. É possível testar, observar e refazer — isso eleva o nível de aprendizagem ao máximo”, explica Moacyr.

Quais são os laboratórios portáteis disponíveis?

Cabe ressaltar que, além das engenharias mencionadas, alunos de outros cursos também recebem os laboratórios portáteis da Uninter. Aqui, listamos todos eles, bem como os cursos contemplados:

 

MYLAB STUDIO

lab-studioPara os alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda.

 

MYLAB RACHEL CARSON

lab-saneamentoPara os alunos de Tecnologia em Saneamento Ambiental.

 

MYLAB THOMAS EDISON

lab-thomasPara os alunos de Engenharia Elétrica e de Computação.

 

MYLAB GEORGE BOOLE

200826_Prêmio-Reclame-Aqui_banner-Blog_Votação-Aberta-01 (2)Powered by Rock Convert

lab-georgePara os alunos de Engenharia Elétrica e de Computação.

 

MYLAB ALAN TURING

lab-alanPara os alunos de Engenharia Elétrica e de Computação.

 

MYLAB SECRET

lab-secretPara os alunos de Tecnologia em Investigação Profissional.

 

MYLAB FREDERICK TAYLOR

lab-taylorPara os alunos de Engenharia de Produção.

 

MYLAB ALBERT EINSTEIN

lab-albertPara os alunos de licenciatura e bacharelado em Física.

 

MYLAB ALFRED NOBEL

lab-nobelPara os alunos de licenciatura e bacharelado em Química.

 

MYLAB GREGOR MENDEL

lab-mendelPara os alunos de licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas.

 

EM BREVE: laboratórios portáteis também para os cursos de Design,
Engenharia Civil e Mecatrônica Automotiva!

 

O envio de cada laboratório portátil varia conforme as disciplinas realizadas. Nas engenharias, quando há uma de automação, o laboratório individual é enviado com antecedência, por exemplo. Normalmente, isso acontece a partir do segundo ano. A partir disso, é possível encontrar todas as instruções de uso e de como proceder em relação às experiências no ambiente virtual de aprendizagem (AVA) da Uninter — o Univirtus. Depois, basta fazer um relatório ou gravar um vídeo para que os docentes possam avaliar o que foi executado.

Vale lembrar que os laboratórios portáteis não demandam um investimento adicional: eles já estão inclusos no valor investido nas mensalidades do curso. Além disso, são entregues para alunos dos cursos presenciais, semipresenciais e EAD.

Por que escolher a Uninter?

Não é por acaso que a Uninter é a melhor opção do mercado para quem deseja aprender e adquirir novas habilidades. Com um curso de graduação ou pós-graduação, você pode melhorar seu salário e alcançar melhores oportunidades profissionais.

A experiência da Uninter é um dos fatores que merecem destaque. Ativa desde 2003, a instituição foi uma das primeiras a implementar a educação a distância voltada ao ensino superior no Brasil. A metodologia aplicada nos cursos também é digna de nota, porque ajuda você a evoluir no seu próprio tempo, de maneira flexível. A empregabilidade é outro fator marcante. Afinal, a instituição já ocupou os cinco primeiros lugares no Enade com alunos de cursos diferentes, que tiveram a maior nota em todo o país.

Enfim, é inegável que os laboratórios portáteis da Uninter contribuem bastante para o desenvolvimento dos alunos — com eles, você poderá ir ainda mais longe em sua trajetória profissional!

E aí, o que você achou do conteúdo? Se quiser dar novos passos em sua carreira, entre em contato com a Uninter e comece a fazer a sua graduação ou pós-graduação agora!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *