Subscribe Now

Trending News

Como escolher uma pós graduação: o que levar em conta?
De olho no futuro

Como escolher uma pós graduação: o que levar em conta?

A competitividade e os altos níveis de exigência do mercado atual reforçam a demanda das empresas por candidatos cada vez mais qualificados. Nesse sentido, um dos principais passos tomados pelos profissionais é o ingresso em cursos de especialização — afinal, eles oferecem vantagens como ampliação de conhecimentos, possibilidades de networking, acesso às melhores oportunidades etc.

No entanto, uma dúvida comum que pode surgir nesse momento é: como escolher uma pós-graduação? Caso esse questionamento soe familiar, não se preocupe. Foi justamente pensando em guiá-lo em sua decisão que preparamos este post! Vamos lá?

A importância de uma pós-graduação

Se antigamente contar com um diploma de graduação era suficiente para se destacar no mercado, conquistando sempre as melhores oportunidades, hoje, esse cenário definitivamente mudou. Graças às mudanças tecnológicas, que ocorrem em curto espaço de tempo, o profissional precisa estar em constante atualização para não se tornar obsoleto em suas funções.

Dessa forma, ao concluir um curso de graduação em qualquer área do conhecimento, o melhor caminho a se tomar é investir na educação continuada. Quando a pessoa busca aprendizado para se qualificar e atualizar— ou até mesmo para se recolocar no mercado —, ela é vista pelas organizações como alguém proativo e de iniciativa, capaz de agregar ao negócio e potencializar resultados.

Melhores oportunidades e salários

Embora a pós-graduação por si só não abra portas automaticamente, ela com certeza é peça-chave para ter acesso às melhores oportunidades. O conhecimento adquirido durante a formação pode também tornar o aluno capaz de abrir e de gerenciar o seu próprio negócio, sempre atento às novas demandas do mercado.

Outro aspecto que entra em jogo, aqui, é a remuneração. É claro que salários altos não necessariamente significam realização profissional e pessoal, no entanto, trata-se de um fator importante na busca por um emprego, não concorda? Para quem é empregado tanto na iniciativa pública quanto na privada, em grande parte dos casos, a pós-graduação é o principal impulso para a ascensão.

Há áreas, inclusive, que a cada novo certificado de especialização, o colaborador pode solicitar um novo reenquadramento salarial — o que é concedido nas datas previstas no plano de carreiras correspondente.

Desenvolvimento de habilidades

Além do conhecimento, são desenvolvidas ao longo da formação certas habilidades muito valorizadas no cotidiano profissional, como criatividade, capacidade de inovar e resolver problemas, facilidade para tomar decisões acertadas, bom relacionamento interpessoal, entre outras. Por isso, a pós-graduação representa um grande peso no currículo de um candidato frente às empresas.

Como escolher uma pós-graduação

Quando a pessoa cursou uma graduação dentro das suas expectativas e/ou já está inserida no mercado de trabalho, contando com certa experiência, a pós-graduação escolhida deve ser aquela na qual as competências a serem adquiridas possam agregar valor ao seu conhecimento prévio. Dessa forma, ela terá melhor desempenho em suas atividades e poderá conquistar posições cada vez melhores,

Para escolher a especialização mais adequada, não basta apenas olhar o nome do curso, mas também a sua grade curricular. Além disso, o seu perfil profissional é um aspecto determinante nesse momento, já que existem diferentes pós-graduações para objetivos variados. Se o indivíduo quer ser professor e seguir uma carreira na área acadêmica, por exemplo, o ideal é buscar por um curso na modalidade stricto sensu — ou seja, um mestrado ou doutorado.

Por outro lado, se o que ele deseja é adquirir competências e desenvolver conhecimentos direcionados à sua área de atuação e às demandas do mercado, recebendo uma formação mais focada na prática, é interessante é escolher uma pós-graduação na modalidade lato sensu, como as especializações, MBA executivo etc.

Custo x benefício

Em todos os casos, é importante ter em mente que o que se paga por um curso de pós-graduação não é uma despesa, mas, sim, um investimento. Trata-se de uma relação custo x benefício positiva e que precisa ser encarada por qualquer pessoa que queira permanecer ativa no mercado, com uma remuneração que garanta uma excelente qualidade de vida.

O custo x benefício também é interessante quando se pensa que a pós-graduação tem uma menor duração — de, no mínimo, 360 horas — quando comparada aos cursos de graduação. Isso é certamente um alívio para aqueles que já estão trabalhando e não têm muito tempo disponível. Assim, é possível se especializar em pouco tempo e logo colher as vantagens desse investimento.

E para quem quer mudar de carreira?

No caso da graduação, a escolha certa é fundamental para evitar que o aluno descubra ao longo do curso ou até mesmo ao seu final, que não era bem aquilo que ele desejava para a sua trajetória. Isso é algo comum nos casos em que o indivíduo opta pela formação que o pai, a mãe ou o responsável o orientou a fazer, por exemplo.

Aqui, a pós-graduação pode ser uma oportunidade de escolher um curso naquela área que ele gostaria de ter ingressado inicialmente. Há casos, inclusive, em que o aluno da pós-graduação acaba se motivando e faz uma segunda graduação, dessa vez dentro da área do seu interesse.

Já quando o profissional deseja mudar de carreira, a escolha pela pós-graduação deverá ser mais criteriosa, considerando a dimensão do passo que será dado — afinal, será preciso adquirir o conhecimento necessário para atuar nessa nova área. O primeiro cuidado é analisar as tendências do mercado em questão, focando, preferencialmente, nas novas profissões (ou profissões do futuro). Lembre-se de que, devido ao rápido avanço tecnológico que já mencionamos anteriormente, o futuro não é assim tão distante.

O que considerar no momento de escolher uma instituição

Depois de entender como escolher uma pós-graduação, é preciso focar em um aspecto igualmente importante: a instituição de ensino. Afinal de contas, onde fazer a pós-graduação? Que modalidade escolher: presencial, semipresencial ou a distância? Saiba que esses questionamentos que um indivíduo faz a si mesmo, envolvem várias variáveis.

Primeiramente, é fundamental pesquisar na internet se a instituição de ensino é credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC). Dessa forma, é possível verificar se ela tem credibilidade e qual é a sua posição no ranking das Instituições de Ensino Superior (IES). Quanto à modalidade de ensino, o equívoco de que a educação a distância é mais fácil e não tão valorizada pelo mercado definitivamente ficou no passado.

Os três modelos são bons (presencial, semipresencial e a distância). Por esse motivo, e a escolha deve ser feita de acordo com o tempo que cada pessoa tem disponível para estudar — além de quanto ela estará disposta a pagar mensalmente por um curso de especialização.

Quais diferenciais importam?

A tradição é ou não um diferencial no momento de escolher uma instituição de ensino? A resposta, aqui, é: não. O que realmente importa é o seu reconhecimento perante o mercado de trabalho. Toda IES teve ou terá início um dia. Dessa forma, o fato de uma instituição ser nova definitivamente não significa que ela não tenha cursos de excelente qualidade. Assim como há instituições antigas nas quais os cursos não têm bom conceito perante o MEC.

Os diferenciais que o indivíduo realmente deve considerar em sua escolha incluem:

  • qualidade e a experiência prática do corpo docente;
  • flexibilidade dos cursos (preferencialmente, se o aluno pode montar parte da grade curricular conforme sua necessidade de aprendizado e aperfeiçoamento);
  • variedade de localização dos polos de ensino, no caso das pós-graduações EAD;
  • atualização dos cursos.

Agora você já sabe como escolher uma pós-graduação e entende como a especialização é um passo fundamental para quem deseja trilhar uma carreira de sucesso. Sendo assim, considere as dicas do post, busque por um curso alinhado aos seus objetivos profissionais e pessoais e ingresse em uma instituição de ensino de qualidade — que se preocupa em preparar alunos capacitados para atuar no mercado atual.

Gostou do assunto que trouxemos no artigo? Caso tenha restado qualquer dúvida sobre como escolher uma pós-graduação, entre agora mesmo em contato agora mesmo conosco. Vamos adorar conversar com você!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *