Subscribe Now

Trending News

Dupla jornada de trabalho: como estudar, trabalhar e cuidar da casa!
Graduação

Dupla jornada de trabalho: como estudar, trabalhar e cuidar da casa!

Especialmente nas grandes cidades, não é incomum encontrarmos pessoas com uma dupla jornada de trabalho. Conciliar um ou mais empregos e ainda dedicar tempo a afazeres domésticos e à família é uma situação corriqueira, sobretudo para as mulheres.

O estudo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça (2017), realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apontou que 90% delas realizam atividades domésticas, contra 50% dos homens. Corroborando esses dados, explica o estudo, as mulheres acabam trabalhando cerca de 7 horas a mais do que os homens.

Com um cotidiano tão corrido, manter uma rotina de estudos e focar no desenvolvimento da carreira é desafiador. Apesar de a dupla jornada não ser restrita ao gênero feminino, as mulheres acabam sofrendo mais, uma vez que culturalmente várias atribuições domésticas acabam recaindo sobre elas.

Como, então, conciliar a dupla jornada de trabalho e conseguir encontrar tempo para se dedicar aos estudos? É sobre isso que falaremos neste artigo! Acompanhe.

A realidade da dupla jornada de trabalho

Quem vive a dupla jornada de trabalho normalmente tem uma rotina que começa bem cedo. Levantar-se antes das 7h da manhã, preparar o café, arrumar os filhos para irem à escola e sair de casa para enfrentar o trânsito caótico ― muitas vezes em transporte público ― é um enredo comum.

O dia transcorre e eis que chega o fim do expediente. A peregrinação para voltar para casa inicia, o que pode incluir buscar os filhos na escola, ir ao supermercado e resolver outras coisas antes do retorno ao lar. Chegando em casa, preparar o jantar, limpar alguma coisa e organizar o dia seguinte. Tudo isso de segunda a sexta-feira e, quiçá, sábado.

Por outro lado, as mudanças no contexto socioeconômico e o próprio debate sobre igualdade de gênero têm favorecido que esse script sofra alterações. Já se vê uma melhor divisão das tarefas domésticas e familiares entre homens e mulheres, e até mesmo papéis historicamente arraigados se invertendo. Um exemplo disso é a geração de “donos de casa” que, por diversos motivos ― incluindo o desemprego ―, levou homens a cuidarem do lar enquanto as mulheres trabalham fora, como aponta reportagem da BBC.

Outra pesquisa publicada pelo Ipea ― Mercado de Trabalho e Análise, também de 2017 ― , apontou que a participação das mulheres no mundo do trabalho configura um dos fenômenos mais marcantes das últimas décadas. Com isso, mesmo que os homens estejam mais presentes, elas agregaram mais funções além das “habituais”.

Diante desse cenário, fica a pergunta: é possível viver a dupla jornada de trabalho e conciliar os estudos? Bem, a resposta é animadora: sim! Mas é preciso de uma boa dose de organização, perseverança e, mais ainda, compreensão e apoio de sua família. Afinal, é seu futuro profissional que está em jogo.

Por isso, no próximo tópico, daremos algumas dicas para ajudar você a encontrar o tempo necessário para se dedicar aos estudos e vencer de forma sadia a dupla jornada de trabalho. Confira a seguir.

Estabeleça prioridades

A primeira coisa a se fazer é saber qual é seu objetivo de vida profissional, a fim de estabelecer as prioridades. Por exemplo, optar por uma segunda graduação ou realizar uma pós? Ter ciência de quais são suas necessidades imediatas e a longo prazo é um item fundamental para que você consiga determinar seu planejamento de estudos.

Dependendo do que você deseja como formação continuada, é preciso saber que o grau de dedicação também varia. Para se ter uma ideia, há cursos de graduação (como os tecnólogos) que podem acontecer em cerca de dois anos; pós-graduações lato sensu, por sua vez, podem ser finalizadas em um ano. Já programas de mestrado e doutorado podem levar até cinco anos e exigir intenso trabalho até a conclusão.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Inscreva-se em cursos EAD

Quem enfrenta uma dupla jornada de trabalho tem na modalidade de educação a distância (EAD) um importante aliado. Entre as muitas vantagens, uma das principais para quem tem pouco tempo é a flexibilidade do estudo. Como as atividades se concentram em um ambiente virtual de aprendizagem, você consegue estudar de onde estiver e, assim, otimiza seu tempo.

Além disso, com o crescimento da oferta de cursos EAD, a qualidade cresceu muito e você tem à disposição não apenas tecnologia de ponta, mas, principalmente, toda a assistência de um curso presencial. E, melhor ainda, para o Ministério da Educação (MEC), seu diploma vale a mesma coisa.

Por esse motivo, os cursos EAD, tanto de graduação quanto de pós-graduação, têm chamado a atenção de pessoas empenhadas em estudar, mas cujo tempo é escasso.

Faça uma boa gestão do tempo

Para conciliar os estudos na dupla jornada de trabalho, a gestão do tempo é essencial. Afinal de contas, cada minuto é precioso. Com isso, o ideal é fazer um bom planejamento de todas as suas atividades profissionais, pessoais e domésticas, de maneira que você consiga regrar-se para os estudos.

Quanto se tem tantos afazeres, um dos principais desafios é evitar a procrastinação. É totalmente compreensível que uma dose extra de energia seja necessária. Contudo, fica mais fácil driblar o cansaço e outras atividades que atropelem seu planejamento, se você fizer uma boa gestão do tempo, a partir de uma agenda realmente organizada.

Conte com a ajuda da tecnologia

Felizmente, há várias formas de se organizar para aproveitar cada minuto. Entre elas, a própria tecnologia. Como provavelmente você tem um smartphone e/ou um laptop, pode usar aplicativos para gerenciar sua agenda, coordenar suas tarefas e, mais ainda, ter todos os materiais necessários em mãos, a qualquer hora.

Mas não precisa investir muito para isso. Se você tem uma conta no Google (algo que você faz de graça, em poucos minutos), ali há uma suíte de aplicativos para você guardar todo tipo de arquivo, escrever textos, enviar mensagens, traduzir conteúdos, fazer planilhas, e por aí vai.

Como seus materiais ficam armazenados na nuvem (on-line), você não tem problemas para acessá-los nem corre o risco de perder nada.

Delegue tarefas para seus familiares

Bem, você chegou em casa e tem sua agenda de estudos. Para que tudo dê certo, será necessário conversar com seus familiares e mostrar que você não pode fazer tudo. Eles deverão assumir alguns afazeres domésticos e colaborar com seu momento individual — afinal de contas, é seu futuro e o deles em jogo.

Deixe claro como será sua rotina e veja como cada um pode ajudar da melhor forma, desde o cônjuge até os filhos, se for possível. Além disso, exija que, no tempo em que você estiver estudando, eles respeitem seu espaço a fim de não prejudicar sua concentração.

Não menospreze o cansaço

Você deve respeitar os limites do seu corpo. Com uma rotina tão pesada, não espere ter fôlego o tempo todo. Tire algum tempo para descansar e realmente desligar-se do mundo.

Cuide de você, mantendo o sono em dia e adotando práticas meditativas a fim de aliviar o estresse. Além disso, adote uma alimentação equilibrada, com baixo teor de gorduras, açúcar e sódio, e, se possível, pratique alguma atividade física. Você verá que com pequenas mudanças de hábito vai se sentir mais forte e sua produtividade aumentará.

Esperamos que com essas dicas você consiga vencer os desafios da dupla jornada de trabalho e comece o quanto antes a trilhar um novo rumo para um futuro profissional mais promissor. Antes de ir embora, para ajudar suas amigas e seus amigos que vivem essa mesma rotina, compartilhe nosso post em suas redes sociais!

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *