Subscribe Now

Trending News

Não sabe como turbinar o seu LinkedIn? Aprenda com 6 dicas simples
Pós Graduação

Não sabe como turbinar o seu LinkedIn? Aprenda com 6 dicas simples

Sabemos que falar de nós e sobre nossas qualidades não é mais algo exclusivo do famoso curriculum vitae, nem mesmo daqueles preenchidos nas plataformas de vagas ou das próprias empresas. Além disso, até mesmo quem já tem uma carreira consolidada precisa manter seus dados atualizados em tempos digitais. E é aí que uma das redes sociais mais importantes para o meio profissional entra em cena: o LinkedIn! Mas você sabe como turbinar oseu perfil nesta rede?

Nesse cenário, que leva o marketing pessoal do dia a dia no meio empresarial para as redes sociais, o LinkedIn aparece como um cartão de visitas para todos os tipos de profissionais. Assim, é importante também se preocupar com o desenvolvimento de carreira, pois o seu perfil não pode ficar estagnado, seja em quesitos mais básicos como optar por uma foto mais profissional e atual, seja em questões essenciais como informar cursos e certificações ao longo da sua jornada.

Pensando nisso, neste post, preparamos algumas dicas para você turbinar de vez o seu LinkedIn. Continue a leitura e confira!

1. Otimizar URL do perfil

Quando o LinkedIn está no modo público — ideal para quem está em busca de uma vaga, por exemplo —, ele disponibiliza ao usuário uma URL. Esse é o endereço do seu perfil, que precisa estar personalizado com trechos do seu nome, de maneira que fique mais fácil de as pessoas encontrarem você com uma simples pesquisa. Para isso:

  • faça o login e acesse as configurações de sua conta;
  • clique em “editar seu perfil público”;
  • em “URL de perfil público” clique em “personalize a URL de perfil público”;
  • opte por nomes que sejam fáceis de as pessoas reconhecerem seu endereço virtual;
  • clique em “definir URL personalizada”.

Com uma URL mais simples, você facilita a vida de quem busca por você no LinkedIn e, consequentemente, demonstra preocupação com o visual do seu perfil. Além do mais, colocar o endereço personalizado na sua assinatura de e-mail e em seus cartões de visitas deixam-nos mais apresentáveis do que uma URL com números ou letras aleatórias.

2. Publicar conteúdos de autoria própria

O LinkedIn é um espaço para você mostrar o que sabe dentro da sua área de atuação. Diferentemente de outras redes sociais, as suas publicações devem ter caráter profissional e abordar assuntos dentro do interesse de quem visita seu perfil, ou para chamar a atenção dessas pessoas.

Os insights sobre o mercado e as notícias sobre empresas são os assuntos que mais despertam o interesse dos usuários, de acordo com um levantamento do próprio LinkedIn. Contudo, não é simplesmente sair escrevendo a partir do seu ponto de vista. Seus textos devem ter conteúdos relevantes, bem argumentados e, sempre que possível, comprovados por pesquisas ou outros conteúdos sobre o mesmo assunto.

As referências são essenciais para suas publicações não ficarem parecendo plágio. Porém, traços de autoria são bem vistos pelos leitores, por isso, capriche nos argumentos! Assim como você pode escrever seus próprios conteúdos, é possível também compartilhar posts de outros contatos e empresas. Fazendo isso, sua rede se amplia e o seu perfil pode se tornar referência para pessoas que buscam por informações relevantes sobre determinados assuntos.

3. Elaborar um resumo de qualidade

É comum as pessoas usarem o famoso CTRL-C CTRL-V nos resumos do LinkedIn. Isso pode demonstrar falta de preocupação com sua rede. Além do mais, o resumo é o primeiro contato do recrutador ou possível cliente com a sua página. Por isso, deixe claro a sua formação profissional, suas últimas experiências e conte um pouco da sua história, deixando de lado questões muito pessoais, mas destacando as suas soft skills.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Confira algumas dicas importantes para criar um resumo qualificado:

  • planeje o que vai escrever;
  • não faça cópias, dê um toque pessoal;
  • use palavras-chave relacionadas ao seu perfil profissional;
  • insira conteúdos relevantes, como o portfólio;
  • trabalhe com tópicos e figuras;
  • destaque suas características pessoais e profissionais.

4. Trabalhar a foto do perfil

O LinkedIn não é uma rede social como qualquer outra, o foco dessa ferramenta é agrupar pessoas com os mesmos interesses. Por isso, uma foto do perfil do Facebook ou do Instagram pode não cair tão bem no LinkedIn. Parece algo óbvio, mas muitas pessoas ainda não se preocupam com essa questão e acabam colocando fotos não muito profissionais em seu perfil.

Mas o que seria uma foto profissional? Não precisa ser a foto do RG, mas também não é muito apropriado escolher uma foto na praia com os amigos. O ideal é uma imagem que represente você como profissional, sem outras pessoas no fundo. Ah! Cuidado com a qualidade da foto: às vezes escolhemos fotos em que nos sentimos bem, mas que no perfil ficam cortadas ou com resolução ruim.

5. Manter as informações atualizadas

Uma vantagem do LinkedIn como um meio de fazer seu marketing pessoal é o fato de você poder atualizar suas informações sempre que necessário. Sendo assim, logo que você tira uma certificação, por exemplo, já poderá colocá-la entre suas formações.

Uma nova graduação, pós-graduação ou especialização são informações que devem ser inseridas juntamente com a data de início de cada curso até a sua conclusão. Uma dica é escrever um pouco mais sobre a sua experiência com a aquisição desses conhecimentos, apresentando suas conquistas, responsabilidades e realizações na vida estudantil.

6. Construir uma boa rede de contatos

As empresas estão de olho nessa rede social e explorar tudo aquilo que ela possibilita gratuitamente é essencial para se destacar entre os demais usuários. Lembrando que você também pode optar por um LinkedIn Premium, aumentando as possibilidades de contato. Porém, o perfil gratuito também é de grande relevância profissional, desde que bem explorado.

Sempre que puder, visite outras páginas e coloque-se à disposição para conversas profissionais. Recomende amigos e outros profissionais para aumentar a sua visibilidade. É interessante também participar de grupos para um networking mais completo e manter contato com pessoas relevantes para a sua vida profissional.

O alto índice de empresas presentes nas redes sociais é um indício de que o profissional precisa trabalhar o seu perfil nesses espaços. Elaborar um plano de carreira sem pensar na interferência da Era Digital nos meios de comunicação profissional é um erro. Para não cometê-lo, aproveite que você aprendeu como turbinar o LinkedIn e atualize o seu!

Gostou de saber mais sobre a importância de manter as suas redes sociais em harmonia com seu momento profissional? Quer receber outros conteúdos relevantes como este? Assine nossa newsletter!

como-se-destacar-no-mercado-e-saber-se-posicionar-nas-redes-sociaisPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *