Subscribe Now

Trending News

Como começar a investir com menos de 100 reais?
EAD

Como começar a investir com menos de 100 reais?

Quem não deseja fazer seu pé de meia e garantir tranquilidade no futuro? Contudo, saber como começar a investir é o principal entrave para aplicar seu dinheiro. Para se ter uma ideia da falta de hábitos de poupança e de investimento no Brasil, uma pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) revelou que apenas 25% da população realizou algum tipo aplicação financeira em 2018.

Mas você sabia que dá para começar a investir com pouco dinheiro? Há vários casos em que é possível dar o pontapé inicial rumo ao conforto financeiro desejado com menos de R$ 100,00 mensais. E o melhor: esses investimentos não estão necessariamente atrelados a bancos e instituições financeiras.

Quer saber mais sobre como começar a investir? Então, continue a leitura deste artigo!

É possível começar a investir com pouco dinheiro?

Se você pensa que para começar a investir é preciso encontrar formas de juntar dinheiro arrojadas, engana-se. Afinal, existem diversas opções de investimentos que exigem um aporte mensal pequeno.

O principal segredo é ter paciência e perseverança. Afinal de contas, o que desmotiva iniciantes no mundo dos investimentos é o desejo de colher os resultados o quanto antes. Além disso, é preciso ter algum conhecimento, ainda que vago, sobre o mercado financeiro.

Entender alguns conceitos sobre rentabilidade, índice de juros, impostos e tributos favorece que você tenha maior consciência de onde está aplicando o seu dinheiro. Dessa forma, evita cair em fundos cuja possibilidade de lucro real seja pequena em razão dos impostos e taxas cobrados no resgate.

Além disso, existem alternativas para começar a investir que fogem do sistema financeiro e podem dar a você um excelente retorno de capital. Por exemplo, aumentar a sua renda com um negócio próprio ou, até mesmo, apostar no desenvolvimento de sua carreira com programas de educação continuada de baixo custo.

Como fazer esse investimento?

Pensando nessas informações, agora é hora de conferir nossas dicas para você começar a investir com pouco dinheiro.

Realize aplicações financeiras

Se, em seus cálculos, você tem até R$ 100,00 para investir mensalmente, saiba que as possibilidades para esse aporte não são poucas. Algumas delas são, inclusive, conservadoras e quase não há muitos tributos. Confira algumas delas, brevemente.

Poupança

Essa é a forma mais popular de aplicação, especialmente pela facilidade. Não tem valor inicial nem tributação e você pode retirar o dinheiro quando quiser. Como a inflação oficial em 2018 fechou em 3,75%, quem investiu na Poupança teve retorno positivo.

Tesouro Direto

30 reais são necessários para começar a investir em algum papel do Tesouro Direto. Para isso, basta ter o CPF em dia e uma conta em corretora de investimentos. Os três tipos de papéis são:

  • Tesouro Selic: segue a variação básica de juros da economia (taxa Selic);
  • Tesouro Prefixado: a rentabilidade é determinada (prefixada) no momento em que é realizada a aplicação;
  • Tesouro IPCA: a rentabilidade resulta da variação do IPCA (Índice de Preços no Consumidor), mais os juros na hora da compra do título.

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são realizados para que todo investidor seja um cotista e ajude a impulsionar os retornos sobre algum ativo. Há opções para todos os bolsos, inclusive para quem tem apenas R$ 100,00 para começar. Os tipos são:

Powered by Rock Convert
  • curto prazo: vencem em até um ano, possuem baixo risco e alta liquidez;
  • renda fixa: são títulos de renda fixa (com regras de remuneração predefinidas) públicos ou privados;
  • ações: é o investimento na bolsa de valores — tem alta rentabilidade, porém é de alto risco. Você pode comprar ações diretamente ou por meio de fundos de ações;
  • multimercados: trata-se de um mix de investimentos, como ações, renda fixa e mercado imobiliário.

CDB

É um título que o banco emite para captar recursos. Na prática, você empresta dinheiro para o banco e ele devolve o valor corrigido.

Comece o próprio negócio

Acredite: existem negócios que você pode começar com menos de R$ 100,00. Um exemplo é o trabalho freelancer, por meio do qual é possível conseguir um bom dinheiro e até reinvesti-lo.

Na área de comunicação, por exemplo, existem profissionais que se dedicam à redação, tradução, revisão, diagramação e planejamento de marketing. Eles produzem conteúdos e coordenam campanhas de marketing digital e off-line.

Já na educação, há o exemplo dos professores on-line, que se associam a plataformas e oferecem seus serviços, assim como aulas presenciais ou em grupo. Se você tiver uma boa didática, pode até mesmo aproveitar seus conhecimentos da área e colaborar com a formação de outras pessoas.

Mas, se você gosta de atividades práticas, também pode começar um negócio na área de gastronomia ou artesanato, por exemplo. Além de ser uma excelente terapia, pode render uma boa lucratividade ― com baixo investimento.

Matricule-se em um curso EAD

Se você ainda não sabe o que é EAD, sugerimos que preste bastante atenção. Nos últimos anos, o mercado da educação a distância cresceu muito, e mais de 7,7 milhões de alunos já frequentam algum curso EAD, segundo censo da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED).

Ao falarmos sobre começar a investir, também é preciso levar em conta a necessidade de ter uma plena capacitação profissional. Com um mercado tão competitivo, somente pessoas com alta capacidade técnica conseguem diferenciais que as façam ser preferidas pelas empresas.

Uma das principais vantagens de se estudar on-line está justamente no custo-benefício. Em muitos casos com mensalidades bem baratas, é possível participar até mesmo de programas de pós-graduação.

Além disso, a modalidade EAD também está em constante crescimento, principalmente, por conta da regulamentação para cursos superiores a distância, apresentada pelo governo federal em 2017.

Com isso, surgiram mais vagas e as instituições de ensino ampliaram bastante a qualidade dos cursos, tanto com relação à infraestrutura quanto ao atendimento ao aluno. Inclusive, perante o MEC, os certificados de conclusão EAD têm o mesmo valor do presencial ― o que não diferencia esse profissional no mercado.

Como vimos, há inúmeras formas de começar a investir com pouco dinheiro — e uma delas é a educação. Quanto maior for a sua bagagem educacional, mais oportunidades profissionais tendem a surgir e, consequentemente, você rapidamente colherá o retorno financeiro desejado. Assim, será possível até mesmo realizar investimentos mais robustos e garantir sua estabilidade financeira até o fim da vida.

Se você chegou até aqui, diga para nós como está pensando em começar a investir seu dinheiro. Deixe um comentário no post!

O guia completo para melhorar a imagem profissionalPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *