Saber como está a economia em sua área de atuação é muito importante e ficar atento às oportunidades e qualificações necessárias para conseguir uma vaga é algo essencial para qualquer profissional.

Quando se trata de ciências contábeis e o mercado de trabalho, não é diferente. Aqueles que seguem esse ramo de atuação precisam prestar atenção em quais segmentos oferecem mais vagas e se as oportunidades estão em alta ou baixa.

Se esse é o seu caso, veio ao post certo! Nele, vamos falar mais sobre a área de ciências contábeis, mostrar como está o mercado de trabalho e ainda apresentar a faixa salarial para esses profissionais. Continue a leitura e confira!

Como está o mercado de trabalho para o profissional de Ciências contábeis?

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, uma vez que as empresas prezam pelos profissionais mais qualificados. Apesar de todas as imposições e incertezas, as ciências contábeis apresentaram números positivos em 2018.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, a contabilidade ficou entre as seis profissões de nível superior que mais contrataram no Brasil. Foram quase 17 mil vagas abertas e preenchidas durante o ano, considerando empresas instaladas nas 27 capitais e regiões metropolitanas do país. A previsão é que o saldo também seja muito bom para a área em 2019.

Esses números foram divulgados pelo Conselho Federal de Contabilidade e, de acordo com o Censo da Educação Superior — realizado em 2017 pelo Ministério da Educação —, a profissão ocupa o quarto lugar entre os dez maiores cursos de graduação em número de matrículas.

Qual é o perfil de um contador?

Na hora de escolher uma área de atuação, é melhor considerar aquelas que exigem habilidades com as quais você já tem familiaridade. Isso também vale para as ciências contábeis.

Para ser contador, é necessário ao menos ter uma certa intimidade com números. Porém, as habilidades desse profissional não se limitam a isso. Para se destacar, é preciso ser:

·        organizado;

·        responsável;

·        ético;

·        comunicativo;

·        atualizado.

E então, conseguiu se identificar com uma ou mais dessas características? A seguir, saiba em quais áreas é possível atuar depois de formado nesse curso.

Quais são as possíveis áreas de atuação?

Agora que já descrevemos a área de ciências contábeis, o seu mercado de trabalho e o perfil desse tipo de profissional, é hora de falar sobre os ramos de atuação dessa profissão.

Auditoria

Essa é uma área que está em constante crescimento. Isso porque o auditor contábil é responsável por fazer uma análise detalhada da aplicação dos recursos financeiros, identificando possíveis falhas no uso do dinheiro das empresas.

Perícia contábil

O perito contábil pode comprovar um desvio ou até mesmo a má utilização de recursos financeiros por empresas ou órgãos públicos. Ele pode tanto ser convocado pela organização envolvida no processo como pela Justiça, tendo como atribuição averiguar provas.

Além disso, deve ser capaz de oferecer as informações necessárias para montar as soluções de litígio. Na maioria das vezes, a atividade envolve fazer pesquisas sobre as finanças de bancos, condomínios e empréstimos, entre outros.

Consultor financeiro

Quem optar pela profissão de contador também pode trabalhar como consultor financeiro. Para esse tipo de serviço, o profissional pode ser contratado por um escritório que desempenha essas atividades ou atuar como autônomo.

O mercado de trabalho oferece muitas possibilidades de atuação na área de contabilidade, o que permite a especialização em segmentos como:

·        finanças;

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

·        tributos;

·        comércio exterior;

·        contabilidade internacional;

·        análise financeira.

Contabilidade gerencial

Esse cargo precisa ser exercido por contadores experientes e que tenham a capacidade de fazer análises de relatórios e interpretação de dados. Afinal, o profissional terá a responsabilidade de cuidar da saúde financeira da empresa, apontando as falhas existentes nos processos.

É de extrema importância que ele esteja sempre atualizado em relação à legislação tributária e fiscal. Além disso, é importante ter conhecimento sobre os impostos que devem ser pagos e saber explicá-los aos seus superiores.

Professor de faculdade

É possível atuar no sistema de ensino superior, ensinando disciplinas que estão relacionadas à área de finanças. Se além de facilidade com números, você também é bom para ensinar os outros, essa pode ser uma boa opção no futuro. [MOU1] [AMNB2] O trabalho consistirá em preparar aulas, tirar dúvidas, avaliar e orientar estudantes, entre outras tarefas comuns da licenciatura.

Qual é a faixa salarial desses profissionais?

Os contadores não têm um piso salarial único com validade em todo o território nacional. Os vencimentos vão ser diferentes de acordo com o setor, a região onde trabalha e até mesmo o sindicato ao qual está vinculado. Além disso, são levadas em consideração as convenções e os acordos coletivos que estão vigentes para a sua categoria.

Segundo uma análise divulgada pelo Guia de Carreira, a média salarial de quem trabalha na área varia de acordo com o cargo e o porte da empresa em que o profissional está atuando. Com isso em mente, a tabela ficaria assim:

·        estágio em ciências contábeis: R$ 950;

·        trainee: R$ 980;

·        auditor: R$ 3.109;

·        analista contábil: R$ 2.942;

·        contador: R$ 4.612;

·        supervisor contábil: R$ 5.300;

·        especialista contábil: R$ 5.059;

·        contador gerencial: R$ 6.411;

·        coordenador contábil: R$ 5.840;

·        gerente de contabilidade: R$ 9.046.

Quais são as qualificações necessárias para trabalhar na área?

Existem alguns caminhos que podem ser seguidos para se tornar um profissional da área. O mais correto é fazer a faculdade e ter o bacharelado em ciências contábeis. É essencial destacar que o curso deve ser reconhecido pelo MEC e que, após a formatura, é necessário ser aprovado no Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) para ter o registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do seu estado.

Outra possibilidade é fazer um curso técnico de contador, de dois anos de duração, em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Por fim, também é possível cursar uma pós-graduação voltada para a área de negócios.

Como vimos, as ciências contábeis têm conseguido um saldo positivo no mercado de trabalho. Além disso, o ramo de atuação é grande e não faltam opções para escolher. Por isso, converse com profissionais antes de decidir sobre qual área seguir e, independentemente da sua escolha, lembre-se de que é essencial manter-se atualizado.

Gostou deste texto? Então, aproveite e veja como descobrir a sua vocação!

O guia completo para melhorar a imagem profissionalPowered by Rock Convert