Subscribe Now

Trending News

Carreiras em Direito: quais seguir daqui pra frente?
Pós Graduação

Carreiras em Direito: quais seguir daqui pra frente?

As carreiras em direito não são nada limitadas. Quem gosta da área e pretende seguir por esse ramo tem um leque de opções para escolher. Engana-se quem pensa que só pode exercer a advocacia, pois o curso vai muito além disso. E para avançar por esse caminho, é essencial conhecer mais sobre o assunto.

É importante falar dos todos os ramos que o direito tem. Só pesquisando e aprendendo sobre cada um deles é possível ter a certeza de qual área de atuação seguir. É a sua dúvida? Então vamos ajudá-lo!

Neste texto falamos sobre o Direito, suas áreas e até sobre as opções de pós-graduação. Quer saber mais? Então continue a leitura e aprenda!

Ramos de atuação do Direito

Como dissemos, apesar de ser uma das mais conhecidas, a advocacia é apenas uma das várias possibilidades para o formado em direito. Então se você não se vê defendendo uma causa nos tribunais, fique calmo! Existem diversos outros ramos em que é possível pode atuar. As opções vão desde concursos públicos até diplomacia. Vamos descrever cada uma delas e apresentar os requisitos.

Acadêmica

em gente que gosta tanto da área que quer passar os ensinamentos ao próximo. O bacharel em direito pode trabalhar como professor nas instituições de ensino superior públicas ou privadas. Ele vai ministrar aulas das mais variadas disciplinas, como direito empresarial, direito penal, direito civil, direito ambiental, direito administrativo etc. Além disso, também pode lecionar em cursos preparatórios para concursos ou para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Além da graduação, o interessado deve dar continuidade aos estudos, fazendo mestrado, doutorado e, eventualmente, pós-doutorado. Porém, ainda na faculdade é possível que o estudante se prepare para a carreira por meio das atividades de extensão, como monitoria ou publicação de artigos.

Judicial

Judicial

A magistratura é uma das carreiras mais cobiçadas quando se fala em direito, mas em contrapartida é uma das mais difíceis. O juiz tem diversas atividades, como:

·        julgar demandas judiciais;

·        agilizar soluções entre divergência e conflitos;

·        reprimir e prevenir atos contra a justiça;

·        fazer ação conciliadora.

Também faz parte da profissão tomar a decisão sobre qual dos lados agiu em conformidade com as leis e costumes da nação, além de também decidir a culpa dos envolvidos. É ele quem expede os mandados de prisão, busca e apreensão, medidas liminares e de cautela antecipada, entre outras coisas. Para atuar, é necessário fazer concurso público em que são utilizados provas e títulos, além de ter a aprovação na OAB. É importante destacar que é exigido atuação na área jurídica de pelo menos três anos.

Promotoria

Durante um processo judicial, o promotor defende os interesses do Estado e da população. É contratado pelo Ministério Público e tem atuação nas mais diversas esferas do Direito. O cargo exige que seja feito concurso, provas e também títulos. É essencial passar na OAB e ter características como comunicação, capacidade oral e escrita bem eminentes.

Delegado de polícia

profissional vai trabalhar nas delegacias de polícia estadual ou federal e tem a função de liderar a investigação criminal. Ou seja, será de responsabilidade dele a coordenação dos inquéritos e emissão de vários documentos públicos envolvidos nos processos.

Para o cargo, além de bacharelado em direito, é necessário fazer concurso público, provas e também títulos. Após a aprovação, o candidato deve fazer um curso preparatório oferecido pela própria polícia.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Procuradoria

O procurador de justiça é o profissional que na hierarquia está acima do promotor. A sua função também abrange defender os interesses da sociedade e do Estado, conduzindo os inquéritos de investigação e fazendo a fiscalização de ações ajuizadas por terceiros. Ele pode fazer parte de qualquer uma das três áreas do setor público: municipal, estadual ou federal, sempre como membro do Ministério Público. Para atuar, é preciso ter aprovação na OAB, ter exercido a função de advogado por pelo menos três anos e passar em concurso.

Diplomata

É uma opção bem interessante e não envolve a atuação como advogado. Os diplomatas representam a nação em assuntos fora do país. Isso tudo por meio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Ele é responsável por informar, negociar e representar os interesses brasileiros diante dos outros países.

O requisito para exercer a profissão é ser aprovado no concurso do Instituto Rio Branco. Depois de passar, o diplomata vai ter que participar de um curso de preparação ministrado pela instituição. Essa é uma das carreiras em que os estudantes de direito são beneficiados. Isso porque a graduação tem muitas matérias que são cobradas na prova, como política, economia etc.

Pós-graduação nas carreiras em direito

Agora que apresentamos algumas das áreas de atuação para quem se forma em direito, é importante destacar a pós-graduação. Ser bacharel é um grande passo, mas sabemos que não podemos parar de estudar. É muito importante estar se atualizando no ramo com cursos e extensões.

Direito ambiental

O profissional nessa área fica responsável por lidar com assuntos que envolvem o meio ambiente. A atuação pode ser no setor público, como ONGs, ou no privado, trabalhando em empresas com responsabilidade ambiental. Nesses casos, as funções são de buscar licenciamentos, fiscalizar infrações e exercer todas as atividades que dizem respeito a essa legislação.

Direito desportivo

Gosta de futebol, esportes e afins? Então você tem que seguir no ramo!

A área cuida das relações jurídicas nas atividades esportivas e é regida pelas regras aplicadas nas modalidades, reunindo disposições administrativas, civis, trabalhistas, fiscais etc.

O profissional que decide seguir por essa carreira tem a possibilidade de trabalhar no agenciamento dos atletas, mediando o relacionamento com os clubes e federações, a questão dos direitos de imagem e contratações e também, além de outros tipos de transações financeiras que existem no meio.

Direito do trabalho

Esta área é bastante requisitada nas carreiras em direito no país. O profissional deste segmento vai representar pessoas ou empresas nas questões trabalhistas. Além disso, vai atuar em situações que envolvam a Previdência Social e assuntos sindicais.

Direito civil

Quem escolhe essa opção fica responsável por representar os direitos civis que estão atrelados a bens, propriedades e até mesmo quesitos familiares. Atua também em processos de heranças e divórcios, por exemplo.

Direito do consumidor

O trabalhador desta área vai ficar encarregado de ajudar os consumidores no que diz respeito ao fornecimento de bens e serviços. É um setor muito movimentado no Brasil, responsável por grande parte das oportunidades de mercado. Para exercer a função, o profissional deve conhecer bastante o Código de Defesa do Consumidor.

Direito digital

O ramo tem crescido bastante, ainda mais com a expansão da internet e das redes sociais. No setor, o profissional vai ter que lidar com questões jurídicas relacionadas ao meio digital e à informática. Além disso, terá que se envolver em assuntos que tenham relação com bancos e até mesmo os recentes e-commerces.

Viu só? Mostramos a você as mais diversas opções nas carreiras em direito. Não exageramos quando dissemos que a área é vasta, não é mesmo? O importante é pesquisar atentamente e buscar uma com a qual você se identifique mais. Afinal, se é para trabalhar, é melhor que seja no que gostamos, ok? E não se esqueça que é essencial continuar estudando e se atualizando sempre, pois conhecimento é poder!

Se tiver gostado deste assunto, indicamos a leitura deste post sobre seis técnicas de memorização para estudar melhor. Temos certeza que vai interessar a você!

como-se-destacar-no-mercado-e-saber-se-posicionar-nas-redes-sociaisPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *