Subscribe Now

Trending News

Como a pós pode desenvolver a sua carreira em engenharia de software?
Pós Graduação

Como a pós pode desenvolver a sua carreira em engenharia de software?

Você sabe por que a especialização em engenharia de software é vantajosa? Estamos falando de um dos mercados mais promissores no meio digital, no qual o profissional precisa ser capacitado para atender às demandas tecnológicas em empresas de todos os portes.

Quanto mais qualificado, melhores serão as oportunidades dentro desse mercado, que exige soluções práticas, rápidas e cada vez mais automatizadas. Por isso, a especialização é imprescindível para esse profissional, que tem entre as suas responsabilidades o desenvolvimento de soluções tecnológicas para o mercado.

Pensando nisso, neste texto vamos explicar como está o mercado de trabalho para quem segue a carreira em engenharia de software e por que vale a pena investir em uma pós-graduação. Continue a leitura e acompanhe!

Como se destacar no mercado de TI?

Para se destacar nesse mercado, você precisa ser o verdadeiro profissional do futuro — ou seja, ser criativo, dedicado e, principalmente, estar sempre atualizado. Isso porque, de acordo com a Associação para a Promoção da Excelência do Software, há uma carência de profissionais habilitados nas áreas de Tecnologia da Informação (TI) e, consequentemente, de engenharia de software.

Tudo isso é resultado de o mercado de TI ter sido moldado pelas tendências tecnológicas — uma adequação necessária em uma área que não para de se desenvolver. Por exemplo: os aplicativos mobile lançam todos os dias uma novidade e as pessoas já estão preparadas para isso, mas e as empresas? Mais do que nunca, elas precisam acompanhar e se adaptar na mesma velocidade.

Como é o mercado profissional digital?

A vida de qualquer profissional não escapa mais ao digital, seja para divulgar a sua marca, seja para otimizar os processos rotineiros de uma empresa. Sendo assim, a tecnologia não é mais um diferencial, mas parte essencial para o funcionamento das organizações.

As ferramentas e os recursos digitais transformaram os modos de negociar. Os smartphones, por exemplo, se transformaram em instrumento essencial para alguns profissionais, que utilizam os aplicativos para registrar reuniões, movimentar contas e, até mesmo, fazer ligações — brincadeiras à parte, os dispositivos móveis são cada vez mais indispensáveis.

Tudo o que acontece no mercado tradicional também ocorre no mercado digital, porém, a internet aproximou ainda mais as pessoas, além de oferecer facilidades que atraem a atenção dos consumidores já imersos no mundo digital — é possível oferecer e negociar produtos novos e usados até mesmo nas redes sociais.

Mas qual é o papel do engenheiro de software nesse contexto? É ele quem desenvolve softwares aplicáveis para essa realidade, pois atua na criação e manutenção de programas e aplicativos pensados para públicos específicos. Além do mais, ele precisa pensar no desenvolvimento dos processos organizacionais, aumentando a produtividade e os lucros.

Faltam profissionais especialistas e qualificados

Não há dúvidas que o mercado de trabalho para as profissões relacionadas à TI tem uma demanda consideravelmente alta, mas também existem muitas exigências. Com isso, muitas vezes, sobram vagas, pois faltam profissionais especializados e qualificados. A graduação é um elemento básico nessa situação, assim, dar continuidade aos estudos é fundamental.

Além das habilidades técnicas, o engenheiro de software precisa ter características, como visão estratégica e competências relacionadas à gestão de processos. Mesmo em empresas dispostas a pagarem o alto salário previsto a esse profissional, a falta de especialização é critério de eliminação de candidatos.

CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Para quem já atua na área de tecnologia, a especialização é o caminho certo para garantir espaço nesse setor. A média salarial está em torno de 6 mil reais por mês, podendo ultrapassar os 20 mil mensais de acordo com o cargo e o desenvolvimento da carreira.

A continuidade aos estudos é a maneira mais simples de se manter atualizado. Assim, o investimento em uma pós-graduação é básico na carreira digital e essencial ao engenheiro de software, pois essa é uma área em constante atualização.

Apresenta ampla gama de atuação em engenharia de software

Existem três princípios que são aprendidos ainda durante a graduação e que o engenheiro de software deve levar consigo por toda a vida profissional: organização, qualidade e produtividade. A partir desses fundamentos, ele desenvolve, gerencia, testa e coloca em funcionamento as ferramentas digitais criadas.

No desenvolvimento de softwares e aplicativos — uma das áreas mais procuradas pelos profissionais e também de maior demanda nas empresas —, o engenheiro trabalha com a criação de jogos, sistemas gerenciais e outros tipos de plataformas digitais. Além disso, ele também deve analisar, avaliar e identificar gargalos nos processos produtivos, propondo soluções tecnológicas.

Quais são os motivos para investir na especialização?

Até agora, você não se convenceu de que a especialização é imprescindível para esse profissional? Pois bem, além da melhor remuneração, da atualização e da gama de conhecimentos técnicos adquiridos, a pós-graduação é o caminho mais curto para o sucesso na carreira.

Contudo, outras vantagens também chamam a atenção de quem já atua no mercado de TI, mas também de quem ainda está em busca de solidificar o seu espaço na área:

  • maior competitividade — as chances de garantir a vaga dos sonhos aumenta consideravelmente;
  • maiores expectativas — dificilmente você ficará estagnado em um mesmo patamar de carreira;
  • segurança — a garantia de boas oportunidades no mercado aumenta.

Especificamente em relação ao meio digital, a motivação para se especializar vem do fato de que vivemos a era da tecnologia, portanto, esse é o momento para investir na aquisição de conhecimento e novos aprendizados na área.

A pós-graduação é mais que um diferencial

Na pós-graduação, diferentes especializações são oferecidas. Entre elas, está o curso direcionado para dispositivos móveis, no qual os profissionais são formados para responder aos anseios da sociedade como um todo, mas, principalmente, do mercado digital.

O desenvolvedor de softwares tem pela frente uma área em expansão, por isso, o diferencial competitivo está na atualização. O especialista é capaz de adquirir novas aptidões, aumentando a eficácia dos resultados sobre os quais ele é responsável. Além disso, uma recolocação profissional, por exemplo, se torna menos complexa quando se investe em uma pós-graduação dentro da área de abrangência de atuação.

Como vimos, a carreira em engenharia de software passa, antes de tudo, pela formação de qualidade. Focada nos dispositivos móveis, a pós-graduação da Uninter pode ser realizada em apenas 9 meses e na modalidade à distância.

Conheça o curso de engenharia de software para dispositivos móveis da Uninter e descubra um novo caminho no mercado de trabalho!

como-se-destacar-no-mercado-e-saber-se-posicionar-nas-redes-sociaisPowered by Rock Convert

Posts relacionados

2 Comentários

  1. Saymon

    Fiz duas graduações na Uninter, na área de tecnologia. Recomendo muito a faculdade, porém tem pouquíssimas opções de pós em TI. Poderia ter pelo menos Business Inteligence

    1. LUIZ GUSTAVO JANSSON VIEIRA

      Oi, Saymon! Frequentemente estamos oferecendo novos cursos de pós-graduação. Agradecemos sua sugestão. 😉

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *