Subscribe Now

Trending News

Carreira em Logística: para onde eu posso seguir?
De olho no futuro

Carreira em Logística: para onde eu posso seguir?

Você é uma pessoa que gosta de planejar e pensar estrategicamente para fazer seus planos darem certo? Sente-se flexível o suficiente para trabalhar em horários alternativos e tem interesse em saber como funcionam os diversos setores de uma empresa, especialmente com relação à cadeia produtiva? Se a resposta foi “sim”, é possível que você tenha o perfil profissional necessário para a carreira em logística.

Para que você compreenda definitivamente o que faz um profissional dessa área e todas as possibilidades de atuação, redigimos este artigo. Leia com atenção as próximas linhas e saiba por que esse profissional é valioso para as empresas!

Qual é o objetivo da carreira em logística?

Para que uma empresa consiga aumentar a sua produtividade — evitando gastos desnecessários — e entregar produtos de alta qualidade aos seus clientes, são necessários profissionais capacitados para administrar os materiais e recursos utilizados.

É nesse processo que entra o profissional de logística, que vai atuar em setores de controle de estoque, planejamento da movimentação interna de insumos e distribuição de produtos entre empresas e varejo. Além disso, ele também é a ponte entre a companhia, os fornecedores e clientes.

Profissionais de áreas como administração, economia e engenharia costumam ser requisitados para essa função. Entretanto, quem opta por iniciar a carreira em logística por meio de uma graduação específica terá formação educacional especializada. Isso porque o curso será direcionado ao conhecimento aprofundado de planejamento e avaliação de sistemas logísticos, associados ao uso das mais importantes tecnologias da informação.

Como o mercado atual exige que as empresas trabalhem de maneira integrada em seus mais diversos setores, o departamento de logística é crucial para a condução das operações. Por isso, esses profissionais estão sempre pensando em quais são os processos e caminhos ideais para que cada etapa da cadeia produtiva aconteça de maneira mais rápida e com o menor custo para as organizações e seus clientes.

Do ponto de vista da competitividade, especialmente no momento em que o Brasil se recupera de uma forte crise econômica, as empresas com melhor operação logística conquistam um diferencial de mercado, inclusive para fidelizar clientes. O motivo é simples: se um negócio é fechado, o cliente fica na expectativa do recebimento de seu produto. O simples fato de ele receber rapidamente a sua encomenda já gera uma relação de confiança.

Quais são as principais áreas de atuação?

A carreira em logística é abrangente e agrega diferentes áreas de atuação. Confira, a seguir, algumas das principais.

Controle logístico

Essa área é responsável pela organização, implantação e monitoria de cada etapa dos processos logísticos. Além disso, ela define indicadores de performance, analisa custos e parâmetros de produtividade e monitora os resultados.

O controle logístico tem um papel estratégico na tomada de decisões e gera informações importantes para outras áreas (como a jurídica e a financeira) ao divulgar dados para a precificação de produtos e serviços e também geração de contratos, por exemplo.

Planejamento de estoque e demanda

Essa é uma das áreas em que o profissional de logística encontra maiores oportunidades de trabalho. Por meio de conceitos de estatística associados ao uso de ferramentas digitais, sua função é desenvolver previsões de negócios, redução de custos, crescimento da qualidade e eficiência dos serviços da organização. Por isso, é integrada às áreas de vendas, produção e logística de entregas.

Prevenção de perdas

Como o próprio nome sugere, a prevenção de perdas evita que produtos sejam inutilizados, gerando prejuízos para a companhia. Por isso, o profissional cuidará dos procedimentos necessários para o armazenamento e transporte dos insumos até chegar nas mãos dos clientes.

Um exemplo disso está nos itens comercializados em supermercados. No caso de perecíveis, se as condições de armazenamento não estiverem ideais desde o produtor até as prateleiras, há risco de estragarem. Em outro caso, se o empilhamento de caixas excede o limite determinado, pode haver avarias nos produtos que estiverem nos andares mais baixos.

Rotas e meios de transporte

Para que um insumo chegue ao seu destino, um caminho é percorrido. Para otimizar o tempo e diminuir custos com transportes, essa área será responsável por determinar quais são os melhores meios e as rotas mais adequadas para diminuir os custos para a empresa e os clientes.

Por exemplo, no caso de um produto ser despachado para outro país, existe uma sequência de transportes utilizados, tais como caminhões, trens, navios ou aviões. Quais desses transportes são mais viáveis para a chegada ao destino final? Essa é uma análise que cabe ao departamento responsável.

Qual é a faixa salarial dos profissionais em logística?

Como em toda profissão, os salários variam conforme o cargo, nível de responsabilidade e tamanho da empresa. Cargos operacionais podem começar com salários a partir de R$ 1.000 para quem está em início de carreira, enquanto a média salarial fica em torno de R$ 3.000. Já os cargos de gestão podem variar de R$ 4.000 a mais R$20.000. Portanto, há várias chances de você conseguir estabilidade financeira!

Veja alguns exemplos de salários mais recorrentes por cargo, de acordo com o site Love Mondays:

  • analista de logística: R$ 2.702 ― R$ 6.533;
  • comprador especialista: R$ 3.605 ― R$ 12.446;
  • controller: R$ 3.944 ― R$ 15.869;
  • coordenador de comércio exterior: R$ 4.168 ― R$ 14.077;
  • coordenador de logística: R$ 2.438 — R$ 10.213;
  • gerente de suply chain: R$ 4.015 ― R$ 24.603.

Quais são as competências e habilidades exigidas na área?

Como dissemos, o profissional de logística precisa ser uma pessoa bastante flexível. Isso quer dizer que deve estar sempre pronto para grandes alterações nos processos em sua área. Além disso, ele precisa pensar logicamente o tempo todo, pois suas ações podem determinar o crescimento da produtividade ou grandes prejuízos.

Para que as competências e habilidades exigidas na carreira em logística fiquem mais claras para você, fizemos uma lista com algumas delas. Confira:

  • ser fluente em inglês e outros idiomas;
  • ter sólidos conhecimentos de sistemas de operações;
  • ter rapidez em cálculos e estatísticas;
  • conhecer todas as etapas produtivas da empresa onde trabalha;
  • especializar-se no seu segmento de atuação;
  • saber gerir grandes processos;
  • ter espírito de liderança e proatividade.

Se você está pensando em seguir a carreira em logística, há duas possibilidades: caso ainda não tenha um diploma de nível superior, é preciso cursar uma graduação; porém, se você já tem formação em alguma área relacionada e deseja se especializar, a pós-graduação em logística é uma excelente alternativa para aprofundar os conhecimentos na área.

Gostou deste conteúdo? Então, curta a nossa página no Facebook e Instagram, e tenha acesso a informações exclusivas sobre ensino superior e dicas de carreira!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *