Subscribe Now

Trending News

Conheça o perfil e habilidades do Advogado 4.0
Graduação

Conheça o perfil e habilidades do Advogado 4.0

Não é novidade nenhuma que chegamos à era digital. Certamente, você tem um smartphone, utiliza redes sociais, comunica-se por mensagens e até pede comida por aplicativos. Mas a transformação digital vai muito além das facilidades de nosso cotidiano.

Hoje em dia, as empresas que querem sobreviver no mercado precisam se reinventar a fim de acompanhar as mudanças originadas pela tecnologia. E se as organizações estão se transformando, os profissionais também ― em todas as áreas, como é o caso das carreiras em Direito.

Como fica a advocacia em meio a essa revolução digital? O que muda na rotina de trabalho? Que características o novo advogado precisa ter para se tornar um profissional do futuro? Essas e outras perguntas serão respondidas neste post, que vai tratar do perfil e habilidades do advogado 4.0. Acompanhe as próximas linhas e descubra!

Afinal, o que é um advogado 4.0?

Embora o Direito seja uma das carreiras mais tradicionalistas, com a chegada da era digital os profissionais que querem se manter competitivos não têm alternativa a não ser abraçar a tecnologia como uma aliada à realização do seu trabalho.

Sabe aquela ideia que temos de um escritório de advocacia com pilhas de processos, protocolos, um sem-número de outros papéis? Tudo isso está deixando de existir para dar lugar ao mundo digital. Isso porque as novas tecnologias chegaram para que tarefas repetitivas, burocráticas e despadronizadas tomem o mínimo de tempo, e o profissional possa focar no que realmente interessa.

Tanto que o advogado 4.0 está acostumado a acessar plataformas digitais e softwares que o ajudam na difícil tarefa de organizar seu dia a dia. Por exemplo, contratos são assinados digitalmente, reuniões acontecem por videoconferência e a gestão do escritório é toda digital.

Além disso, do ponto de vista do empreendedorismo, é uma pessoa atenta às novas formas de marketing proporcionadas pelos mecanismos digitais e sabe não apenas se relacionar com seus clientes, mas também usar as potencialidades da internet para captar outros.

O advogado 4.0, portanto, é um profissional hiperconectado, que entende e usufrui dos benefícios da tecnologia para se manter muito mais focado em seu trabalho de zelar pelos direitos de seus clientes.

Quais são suas características e habilidades?

Agora, vamos falar das características e habilidades de um advogado 4.0. Confira a seguir.

Atitude colaborativa

Isso vai muito além de simplesmente trabalhar em equipe. A atitude colaborativa de um advogado 4.0 significa compartilhar uma série de objetivos e estratégias pensando nos clientes e naqueles que podem se tornar um. Para isso, realiza a comunicação usando a tecnologia, tem mais agilidade mental e a capacidade de deixar de lado o ego e trabalhar para o bem comum.

Gerenciamento de projetos

A concorrência no mercado jurídico aumentou muito nos últimos anos. Especialmente no Brasil pós-crise, quem tiver o melhor preço e um pacote de serviços amplo ganha a preferência.

Então, o bom gerenciamento de projetos permite criar uma estrutura organizacional eficaz que aumenta a capacidade de atendimento do escritório, com métodos de acompanhamento dos processos que dão agilidade, evitam erros e permitem alinhar-se às necessidades dos clientes, além de facilitar a conquista de mais consumidores.

Conhecimento financeiro

Trata-se de enxergar o escritório de advocacia como um negócio e conhecer os detalhes da administração de uma empresa comercial: lucro e previsão, organização financeira, investimentos, entender os princípios tributários, calcular as margens de lucro e assim por diante.

reclame aqui 2021Powered by Rock Convert
CTA-UNINTERPowered by Rock Convert

Domínio da tecnologia

O advogado 4.0 não precisa ser um programador, mas estar familiarizado com os principais sistemas de gerenciamento de dados, softwares jurídicos e aplicativos de comunicação é fundamental para alcançar o dinamismo que deseja em sua profissão. Afinal de contas, agilidade, pouco esforço e clareza nas ações são palavras de ordem.

Que conhecimentos um advogado 4.0 precisa ter para se destacar?

Como você percebeu até aqui, para ser um advogado 4.0, é preciso adquirir um pensamento digital, o qual vai influenciar não apenas a forma de trabalhar, como também as próprias relações pessoais entre colegas e clientes. Então, partindo do princípio de que a era digital também é a era do conhecimento, aqui vão alguns pontos importantes a serem compreendidos pelo “advogado do futuro”.

Inovação empresarial

O conhecimento de inovação em um escritório de advocacia permite que os profissionais observem a concorrência a fim de saber o que ela está fazendo. A partir disso, com técnica, é possível absorver algumas ações positivas e também identificar brechas para entrar com um novo tipo de serviço.

Dois exemplos são serviços especializados em segurança digital ou, de um lado mais humanista, a defesa dos direitos LBGTQIA+ ― ambos assuntos em muita evidência. A inovação possibilitou que as organizações jurídicas se tornassem cada vez mais rápidas e fluidas quando se trata de investir em novas oportunidades.

Analytics

Trata-se do processo de analisar dados. Isso permite que os advogados obtenham vantagem crítica nos negócios, ajudando, inclusive, os escritórios a conquistar novos clientes e ganhar ações judiciais.

Do ponto de vista empresarial, os softwares de analytics auxiliam o advogado a ter mais inteligência competitiva e melhores habilidades gerenciais. É possível, com poucos cliques, ter acesso a informações relevantes para o escritório, como lista de clientes e o total de casos em aberto. Por outro lado, também pode revelar dados sobre julgamentos e oferecer tendências que podem determinar como convencer um juiz.

Automação na gestão de documentos

Como dissemos, não tem mais sentido perder tempo com tarefas burocráticas e repetitivas. A automação na gestão de documentos permite que qualquer tarefa repetível que os funcionários ou o próprio advogado executem seja automatizada, reduzindo o número de ações que cada profissional precisa fazer para monitorar seus processos.

Alguns exemplos são: notificação de sentenças, atendimento ao público (via chats), localização de processos, criação de métricas de desempenho etc.

Softwares de gerenciamento jurídico

O software de gerenciamento de práticas jurídicas torna as operações diárias mais simples e favorece o gerenciamento de todos os aspectos do escritório, como registros de clientes e casos, documentos, compromissos, agendas, prazos e contabilidade.

Com isso, essas coisas, antes resolvidas manualmente ou com vários programas diferentes, hoje contam com softwares jurídicos completos, que podem transformar a maneira de o escritório operar.

Novo perfil de clientes

Um escritório de advocacia não pode perseguir a mesma carteira de clientes para o resto da vida. Então, o advogado 4.0, com sua visão empreendedora, consegue desenvolver a habilidade de reconhecer clientes em potencial a partir da descoberta de novas necessidades de atendimento.

Viu como se tornar um advogado 4.0 pode ser instigante neste momento de transformação digital? Então, não perca tempo e aproveite esse mercado em alta. Comece agora mesmo uma graduação em Direito!

Gostou deste artigo? Então, saiba em primeira mão as novidades do mercado de trabalho assinando nossa newsletter!

Powered by Rock Convert

Posts relacionados

5 Comentários

  1. roberto de assis insfran

    Bom dia eu so quero fazer o curso em bacharel em direito pela EAD so esta informacao que ate agora vcs nao me deram um devolutiva.

    1. Uninter
      Uninter

      O curso de Direito EAD está em fase de autorização definitiva com o MEC e ainda aguardamos esse processo para podermos, efetivamente, ofertar as vagas.

  2. Sonia Araújo Nascimento

    Já há uma previsão da inscrição no curso de graduação em Direito?

    1. Uninter
      Uninter

      O curso de Direito EAD está em fase de autorização definitiva com o MEC e ainda aguardamos esse processo para podermos, efetivamente, ofertar as vagas.

  3. Wanderson

    Ótima essa matéria!

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *